UOL EconomiaUOL EconomiaPlano de Carreira
UOL BUSCA

BOLSAS

CÂMBIO

07/07/2008 - 10h54

Coach, consultor, personal: por que surgiram esses profissionais?

SÃO PAULO - Eles surgiram devido a uma lacuna existente no mercado de trabalho. Atuam para ajudar outras pessoas a lidarem com situações corriqueiras ou com grandes questões na carreira. Podem dar os conselhos que quiserem, pois são 'palpiteiros' conceituados. Quem são eles?

Personal stylist, coach, consultor de imagem e muitos outros profissionais que têm como objetivo principal na carreira ajudar outros profissionais no mercado de trabalho.

Como eles surgiram? Segundo o coach Renato Ricci, questões como o modo de se vestir, de falar, de agir, tão exigidas no mercado de trabalho atual, não são discutidas assiduamente no dia-a-dia. "Esses profissionais surgem da necessidade que as pessoas têm de trocar informações".

O coach afirma ainda que a ajuda é importante porque é mais fácil promover uma mudança em uma pessoa quando há troca de conhecimento.

A busca pelo serviço

Segundo explicou Ricci, as empresas não têm nem tempo nem dinheiro para desenvolver a característica de um líder. Elas querem uma pessoa já formatada. "A empresa não tolera que a pessoa não dê resultado num espaço curto de tempo", explicou.

Embora a maioria pense assim, ainda existem aquelas que oferecem serviços de coach e personal para ajudar a desenvolver um talento. "A empresa ainda dá dicas ao profissional, com avaliação periódica, que mostre que ele precisa desenvolver uma habilidade".

Quebra de paradigma

O que Ricci diz ser o mais interessante é que todo o tipo de profissional busca essas ajudas. "Independente de a empresa pedir ou pagar", afirmou. A busca é feita por quem precisa tomar uma decisão ou desenvolver uma habilidade.

E isso, de acordo com Ricci, independe de nível hierárquico. "Eu acho que existe um paradigma de que só executivos e empresários procuram. No passado, eram mais executivos e empresários, mas hoje é variável. Uma pessoa que acabou um estágio e foi contratado busca esses profissionais", disse.

No caso dos mais jovens, porém, a iniciativa não parte deles. "É um pai ou uma mãe que mostra que existe esse tipo de serviço. Mas pessoas de 18 a 23 anos estão encarando essa ajuda de forma mais natural e quebrando o pensamento de que quem procura é mais fraco".

Quem são eles?

O coach tem como objetivo principal treinar algumas habilidades do profissional. "Nosso trabalho é fazer com que o cliente crie habilidades que o ajudem profissionalmente. Muitas vezes, essa habilidade é conseguir tomar uma decisão para fazer com que a carreira entre no eixo que ele deseja", explica Ricci.

Já a consultoria de imagem é um processo de desenvolvimento de habilidades e conscientização da aparência, postura e comportamento social. Ela ajuda a construir uma marca pessoal, para que o indivíduo seja notado.

"Algumas pessoas, por desconhecimento, acham que a consultoria de imagem é para poucos privilegiados, mas o trabalho é acessível a todos, da dona de casa ao empresário", disse Julia Bello, consultora de imagem que atua em Belo Horizonte.

Bovespa Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Bovespa

66910,711,14%

Mais bolsas

Cotações anteriores

Dolar Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Dolar Comercial

R$ 1,569 -0,44%

Conversor de moedas

Mais sobre câmbio

Cotações anteriores

Hospedagem: UOL Host