Topo
REPORTAGEM

Avião com maior asa do mundo, Stratolaunch volta a voar; conheça o modelo

Stratolaunch, o maior avião do mundo, completa terceiro voo de testes com sucesso Imagem: Stratolaunch/Matt Hartman

Alexandre Saconi

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/01/2022 04h00Atualizada em 22/01/2022 17h17

O Stratolaunch, avião com a maior asa do mundo, voltou a voar nos últimos dias nos Estados Unidos. A aeronave se destaca pela sua envergadura (distância de ponta a ponta das asas), que é de 117 metros, a maior já registrada.

Ele foi projetado para lançar foguetes, e o teste recente serviu como preparo para o lançamento do veículo hipersônico Talon-A, que está sendo desenvolvido pela Scaled Composites, dona do Stratolaunch. Apelidado de Roc, ele voou por 4h23min, chegando a uma altitude de 7.162 metros e uma velocidade de 333 km/h durante a tarde do dia 16 de janeiro.

Duas fuselagens

Stratolaunch, o maior avião do mundo, precisa de um hangar especial feito apenas para ele devido ao seu tamanho Imagem: Divulgação/Stratolaunch

O corpo do Stratolaunch é diferente dos demais aviões não só pelo tamanho da asa, mas por ser dividido em duas fuselagens, que ficam a cerca de 29 metros de distância uma da outra. Ao meio, no espaço entre elas, é onde ficará acoplada a carga que será lançada em órbita quando o modelo estiver pronto.

Esse pedaço da asa contará com suportes que terão a capacidade de transportar para o lançamento uma carga de até 227 toneladas. Devido a todo esse tamanho, um hangar especial precisou ser construído para comportar a aeronave.

O Roc é equipado com seis motores do Boeing 747, um dos maiores aviões do mundo, e voa com dois pilotos e um engenheiro de bordo. Ele tem 28 rodas em seus trens de pouso ao todo, mais que o próprio 747, que tem 18 no total.

Funcionamento

O Stratolaunch foi criado pela Scaled Composites com o objetivo de baratear o lançamento de foguetes e outros veículos aeroespaciais. Ele acopla a carga no meio de suas duas fuselagens e, quando atinge uma determinada altitude após o voo, solta essa carga em direção ao espaço ou a outro objetivo.

Na sequência, o avião volta para a base e fica pronto em pouco tempo para um novo lançamento. Esse sistema evita o uso tão intensivo de propulsão com foguetes, muito mais custosos para esse tipo de operação.

Terceiro teste

Stratolaunch, considerado o avião com a maior asa do mundo, volta a voar para novos testes Imagem: Divulgação/Stratolaunch

O terceiro teste envolvendo o avião aconteceu no domingo passado (16) sobre o deserto de Mojave, no estado da Califórnia (EUA). Nele, continuaram a ser avaliados os sistemas do Stratolaunch e sua capacidade de fazer manobras durante o voo, além de testar o recolhimento parcial de um dos conjuntos do trem de pouso.

Esse teste, em particular, ocorre com diversas aeronaves, inclusive as comerciais, que fazem seus primeiros voos, muitas vezes, com o trem de pouso esticado. Isso busca evitar que o avião fique destruído logo em suas etapas iniciais se o sistema apresentar algum defeito e não funcionar no pouso.

Os outros testes foram realizados em abril de 2019 e em abril de 2021. Em 2018, o projeto chegou a ficar abandonado por um tempo após a morte do criador da empresa, Paul Allen, que também foi um dos fundadores da Microsoft.

Aviões recordistas

O Stratolaunch pode ser considerado o maior avião do mundo, mas isso é relativo. O próprio "Guinness Book", o livro dos recordes, define mais de um avião como o maior do mundo existente na atualidade, variando de acordo com o critério adotado.

Se for levada em consideração a envergadura, é o próprio Stratolaunch o recordista, com 117,35 metros de distância de ponta a ponta da asa. Se for levado em conta o peso do avião, esse recorde pertence ao Antonov An-225 (que também fica em segundo lugar quando o assunto é envergadura).

Já se o que for considerado é a maior capacidade de transporte de passageiros, esse recorde pertence ao Airbus A380, que pode levar até 853 passageiros.

Ficha técnica

Envergadura: 117 metros
Comprimento: 73 metros
Altura: 15,2 metros
Motores: 6 motores do Boeing 747
Velocidade registrada: 333 km/h
Capacidade de carga: 227 toneladas
Rodas: 28 no total

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Avião com maior asa do mundo, Stratolaunch volta a voar; conheça o modelo - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Todos a bordo