! Após forte queda, locações no estado de SP voltam a subir, diz Creci - 18/01/2011 - InfoMoney
 

18/01/2011 - 09h55

Após forte queda, locações no estado de SP voltam a subir, diz Creci

SÃO PAULO – O índice de locação de imóveis residenciais no estado de São Paulo se recuperou em novembro, após fortes quedas de 13,72% em outubro e de 11,57% em setembro.


Segundo dados do Creci-SP (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) divulgados na segunda-feira (17), a locação registrou alta de 1,63% no penúltimo mês do ano passado.


Os dados, coletados em 1.653 imobiliárias de 37 cidades, incluindo a capital paulista, identificaram a locação de 2.651 casas e apartamentos no período.


Análise por região

Três das quatro regiões analisadas pelo Creci-SP contribuíram para o avanço. O destaque ficou com a região do litoral, onde a locação subiu 36,26% em novembro.


Na capital do estado, a alta foi de 1,85%. Na região formada pelas cidades do ABCD (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema) mais Guarulhos e Osasco, o número de novas locações aumentou 1,21%.


Já no interior houve queda. Em novembro, o índice registrado na região recuou 1,15% em relação a outubro.


As locações canceladas em novembro (1.538) representaram 58,02% do total dos novos contratos.


Ainda segundo o Creci-SP, as casas representaram 56,09% das locações no mês.


Preferências

Os imóveis com aluguel de até R$ 600 foram os preferidos em novembro nas cidades do ABCD, Guarulhos e Osasco, onde tiveram participação de 54,57% no total das locações, e no interior, onde a proporção foi de 51,37%.


Na capital, os imóveis preferidos foram os de até R$ 800, representando 50,23% dos contratos, assim como no Litoral, cuja participação foi de 57,55%.













































Valor do aluguelCapitalABCDOG*InteriorLitoral
até R$ 2000,23%1,14%
1,79%
1,42%
de R$ 201 a R$ 40019,35%26,26%32,33%6,13%
de R$ 401 a R$ 60015,97%

27,17%


17,25%23,11%
de R$ 601 a R$ 80014,69%13,70%17,91%26,89%
de R$ 801 a R$ 1.00011,66%11,64%7,45%12,26%
acima de R$ 1.00038,10%20,09%23,27%30,19%

Fonte: Creci-SP
* regiões do ABCD mais Osasco e Guarulhos