! "Não temos mais uma pirâmide e sim um losango social no Brasil", diz Cetelem - 22/03/2011 - InfoMoney
 

22/03/2011 - 10h48

"Não temos mais uma pirâmide e sim um losango social no Brasil", diz Cetelem

SÃO PAULO - Coroando o ano de 2010, considerado por agentes de mercado como um bom ano para a economia nacional, o estudo "O Observador Brasil 2011", da Cetelem BGN, mostra que o ano passado foi muito bom, também, para os brasileiros.

De acordo com os números, 19 milhões de pessoas migraram das classes DE para a classe C, que agora abriga 101 milhões de brasileiros e representa 53% de toda a população nacional.

"Antes tínhamos uma pirâmide social, hoje temos um losango, com 25% da população nas classes DE (47,9 milhões), 21% nas classes AB (42,19 milhões) e uma classe C mais ampla, com 53% da população (101,65 milhões)", afirma o presidente da Cetelem BGN, Marcos Etchegoyen.

Otimismo
Esse bom momento vivido pelo brasileiro resultou em um grande otimismo por parte da população. "Para se ter uma ideia, o Brasil foi o País mais bem avaliado entre os 13 onde a pesquisa é realizada. O contentamento geral está em elevação", diz Miltonleise Carreiro Filho, vice-presidente da companhia.

Para 2011, o otimismo não deve diminuir. A pesquisa mostra que o brasileiro espera, para este ano, mais crescimento (60% dos entrevistados), mais consumo (53%), mais crédito (52%) e o PIB em alta (39%). "Além disso, as classes DE se dizem entusiasmadas com o Brasil de hoje", completa.

Ainda para este ano, mais de 50% dos brasileiros acreditam que o padrão de vida, a situação financeira, a capacidade de compras para o lar e os investimentos vão crescer.