! Pequeno investidor terá isenção de taxa de custódia na BM&FBovespa - 08/07/2011 - InfoMoney
 

08/07/2011 - 13h36

Pequeno investidor terá isenção de taxa de custódia na BM&FBovespa

SÃO PAULO – A Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa) vai anunciar no próximo mês uma nova política de tarifas. Segundo confirmado pela assessoria de imprensa, a isenção da taxa de custódia é uma das medidas que serão adotadas pela Bolsa paulista com o objetivo de atrair novos investidores pessoa física.

O presidente da Bolsa, Edemir Pinto, ressaltou que ainda não foi definido qual será o critério de valor investido para decidir qual investidor será considerado "pequeno", mas que isso será estipulado até o mês que vem.

A BM&FBovespa também pretende unificar o cadastro de investidores nas corretoras. Desta maneira, o investidor que já tem cadastro em uma corretora não precisaria abrir um novo se quisesse investir por meio de uma instituição diferente.

Meta de 5 milhões de investidores

As medidas adotadas pela Bolsa paulista fazem parte da estratégia de expansão do número de investidores pessoa física. Atualmente, estão cadastrados pouco mais de 600 mil investidores e o objetivo é que este número chegue a 5 milhões até o final de 2014.

Entretanto, nos últimos meses, a quantidade de investidores de varejo têm diminuído. De acordo com dados da própria Bolsa, no primeiro semestre deste ano, houve queda de 1,25% no número de investidores, de 610.915 para 603.179.

Com isso, o presidente da Bolsa já anunciou que o prazo para alcançar os 5 milhões deve ser estendido, mas ainda não definiu para quando.

De acordo com ele, esta diminuição tem acontecido por conta do cenário atual, de juros mais altos que privilegiam os investimentos em renda fixa.

“Essa saída de investidores não nos preocupa. Em tempos bicudos, é natural que os investidores pessoas físicas também façam realocações de seus investimentos, principalmente diante do aumento da taxa de juros”, disse, durante evento na BM&FBovespa.

Veja mais