! Taxa de desemprego nos EUA é a mais alta desde abril - 03/12/2010 - Reuters - Economia
 

03/12/2010 - 11h43

Taxa de desemprego nos EUA é a mais alta desde abril

Lucia Mutikani

A economia dos Estados Unidos criou bem menos empregos que o esperado em novembro e a taxa de desemprego do país subiu para 9,8%, a máxima em sete meses.

Houve geração de 39 mil postos de trabalho, com o setor privado abrindo apenas 50 mil vagas, informou o Departamento de Trabalho dos EUA nesta sexta-feira (3).

Porém, os dados sobre o emprego geral em setembro e outubro foram revisados para mostrar criação de 38 mil empregos a mais que o estimado anteriormente.

Economistas previam uma criação de 140 mil empregos em novembro e uma taxa de desemprego estável, em 9,6%.

O aumento do desemprego esteve relacionado à volta de alguns trabalhadores à força de trabalho, em busca de vagas.

O desemprego elevado é um incentivo para o Federal Reserve implementar na totalidade seu programa de compra de ativos de US$ 600 bilhões.

O emprego de novembro foi fraco em todos os setores, com o governo cortando vagas públicas à medida que as autoridades continuam sofrendo com problemas orçamentários.

A indústria eliminou 15 mil postos de trabalho, pressionada pelo setor manufatureiro, que eliminou 13 mil empregos. A construção fechou 5 mil vagas.

O setor de serviços criou 65 mil empregos, embora a contratação no varejo tenha recuado a 28.100, apesar das expectativas sobre a temporada de compras.

A semana média de trabalho se manteve em 34,3 horas e o salário médio por hora subiu 1%.