! Universal e Sony compram divisões da EMI - 11/11/2011 - Reuters - Economia
 

11/11/2011 - 16h50

Universal e Sony compram divisões da EMI

Peter Lauria

11 de novembro (Reuters) - A Universal Music Group, da francesa Vivendi, e a Sony venceram o leilão pelas operações de produção musical e catálogo da EMI, superando as concorrentes Warner Music e BMG Music na última hora.

A Universal planeja comprar o selo EMI por US$ 1,9 bilhão, de acordo com uma fonte envolvida na operação, enquanto um consórcio liderado pela Sony deve comprar as operações de catálogo da empresa britânica por US$ 2,2 bilhões.

O Citigroup, que é dono da EMI, receberá pelos dois negócios US$ 4,1 bilhões, mais do que o esperado.

A Warner Music liderava a disputa pela gravadora, enquanto a BMG estava na frente na briga pelo catálogo de músicas até a semana passada. No entanto, a Warner surpreendentemente deixou o leilão depois de não chegar a um acordo sobre as dívidas de pensões da EMI.

Apesar de a Warner ter saído, a Universal aumentou a oferta pelo selo da EMI, que tem artistas como Coldplay, Beastie Boys, e Katy Perry.

No lado do catálogo, a Sony recebeu no último minuto o apoio do banco de investimento UBS, que aceitou emprestar mais de US$ 1 bilhão, disse a fonte. Isso permitiu à Sony elevar a oferta e deixar a BMG para trás.

Veja mais