! Tabloide de Murdoch espionou ex-premiê Gordon Brown, dizem jornais - 11/07/2011 - Valor Online
 

11/07/2011 - 14h39

Tabloide de Murdoch espionou ex-premiê Gordon Brown, dizem jornais

SÃO PAULO - O tabloide "News of the World", que ontem publicou sua última edição, teria espionado o ex-primeiro-ministro britânico Gordon Brown por até 10 anos, segundo os jornais "The Guardian" e "The Independente".

O "Guardian" informou que jornalistas do grupo "News Internacional" tentaram insistentemente invadir o correio de voz do ex-premiê, assim como informações de sua conta bancária e os registros médicos de sua família.

A espionagem teria durado mais de 10 anos, de quando Brown era ministro das Finanças até seu mandado de primeiro-ministro.

Brown é mais um nome entre os políticos que foram alvos de detetives particulares que trabalhavam para o império da mídia de Rupert Murdoch. A lista tem ainda o ex-primeiro-ministro Tony Blair e seu assessor de imprensa Alastair Campbell, o ex-vice-primeiro-ministro John Prescott e seu assessor político Joan Hammell, o ex-ministro do comércio Peter Mandelson, o chanceler Jack Straw e o ex-ministro David Blunkett, a ex-ministra Tessa Jowell e seu assessor especial Bill Bush, e Chris Bryant, porta-voz para assuntos europeus.

O jornal "News of the World" foi publicado durante 168 anos e vendeu mais de 2,8 milhões de exemplares por semana. O periódico se manteve com exposição de escândalos sexuais e campanhas populistas.

Ontem, na última edição, a manchete resumia: "Obrigado e adeus". O bilionário Rupert Murdoch decidiu fechar as portas diante das pressões sofridas desde revelações sobre a participação do jornal em grampos telefônicos e outras formas de espionagem.

(Karen Camacho | Valor)