UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

28/10/2011 - 11h05

Aumenta o número de empresas que recompensam quem cuida da saúde

O número de empresas que utilizam incentivos e punições financeiras para quem participa - ou não - dos programas de gerenciamento da saúde promovidos pelas companhias está crescendo nos Estados Unidos.

Segundo uma pesquisa da Towers Watson com cerca de 250 empresas de médio e grande porte, entre 2009 e 2011 a porcentagem de companhias que oferecem recompensas em dinheiro para quem participa em programas do tipo cresceu cerca de 50%.

A pesquisa estima que, no ano que vem, quatro em cada cinco instituições americanas irão oferecer algum tipo de incentivo em troca da participação em programas de acompanhamento de saúde.

No mesmo período, o número de corporações que fazem uso de punições para a não-participação nos programas passou de 8% para 19%, e deve crescer para 38% em 2012.

Cerca de 12% das empresas pesquisadas disseram recompensar e punir os funcionários com base nos resultados de exames médicos (a partir do nível de colesterol dos profissionais, por exemplo). Para 2012, mais 16% planejam instituir o sistema, o que aumentaria o número para quase um terço das companhias.

(Letícia Arcoverde | Valor)

Veja mais

Hospedagem: UOL Host