UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

13/09/2012 - 12h23

Importadores de carros devem demitir mais 5 mil até o fim do ano

SÃO PAULO - A Abeiva, entidade que abriga importadores de carros, disse hoje que o setor deverá cortar mais cinco mil vagas de trabalho até o fim do ano. Desde janeiro, 10 mil postos foram eliminados pelas empresas de importação de carros, levando o quadro de funcionários para 25 mil pessoas.

De acordo com Flavio Padovan, presidente da Abeiva, esse ajuste se deve a uma combinação de fechamento de lojas e enxugamento de custos, diante da retração de 27,5% nas vendas acumuladas entre janeiro e agosto, na comparação com igual período de 2011.

Para 2012, a Abeiva ainda prevê o recuo de 40% nas vendas de marcas sem fábricas no Brasil, como a Kia Motors e as chinesas Jac Motors e Chery. Diante desse cenário, o setor ainda aguarda a liberação pelo governo de cotas de importação sem o acréscimo de 30 pontos percentuais do IPI.

Padovan afirmou que a medida foi prometida pelo governo, mas o anúncio vem sendo adiado desde maio. A expectativa da Abeiva, agora, é a de que o governo confirme o incentivo até o fim deste mês, junto com a regulamentação do novo regime automotivo.

(Eduardo Laguna | Valor)

Veja mais

Hospedagem: UOL Host