UOL EconomiaUOL EconomiaÚltimas Notícias
UOL BUSCA

BOLSAS

CÂMBIO

12/12/2007 - 10h43

Economia do país cresce 5,7% no 3º trimestre, em relação a um ano antes

Da Redação
Em São Paulo
O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 5,7% no terceiro trimestre deste ano em relação a igual período do ano passado. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, o PIB subiu 1,7%. O destaque foi o setor agropecuário.

O PIB representa a soma de todas as riquezas do país. Saiba aqui como ele é calculado.







Em moeda, o PIB do terceiro trimestre ficou em R$ 645,2 bilhões. Desse total, R$ 551,6 bilhões corresponderam ao valor adicionado na economia (novas riquezas produzidas) e R$ 93,5 bilhões foram referentes aos impostos sobre produto.

As informações foram divulgadas nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O destaque de crescimento em comparação com o terceiro trimestre de 2006 foi a agropecuária, que avançou 9,2%. A indústria vem a seguir, com elevação de 5%. Serviços fica em terceiro, com 4,8% de expansão.

Segundo nota no site do IBGE, o bom desempenho do setor agropecuário tem relação com o resultado de produtos como trigo e cana-de-açúcar. "Na comparação do terceiro trimestre de 2007 com o terceiro trimestre de 2006, a taxa da agropecuária pode ser em grande parte explicada pelo desempenho de alguns produtos como o trigo e a cana-de-açúcar, com estimativas de crescimento de produção neste ano de 59,3% e 13,1%, respectivamente".

No acumulado do ano, a indústria lidera, com crescimento de 5,1%, seguida por serviços (4,7%) e agropecuária (4,3%).

O Valor Adicionado a preços básicos subiu 5,2% e os Impostos sobre Produtos ampliaram-se em 8,7% nos três meses terminados em setembro em relação a um ano antes. Os três setores da economia que formam o valor adicionado apresentaram aumento na atividade. O setor agropecuário elevou-se 9,2%, seguido pela Indústria (5%) e pelos Serviços (4,8%).

Entre os componentes da demanda do PIB, a formação bruta de capital fixo, indicativo dos investimentos, teve acréscimo de 14,4%, devido, principalmente, ao aumento da produção e da importação de máquinas e equipamentos.

O consumo das famílias subiu 6% perante o terceiro trimestre de 2006, marcando o 16º avanço consecutivo nesse tipo de confronto. O consumo do governo avançou 3,5%.

A exportação de bens e serviços avançou 1,8% e as importações cresceram 20,4%. "Desde o primeiro trimestre de 2006, as importações crescem mais que as exportações na mesma base de comparação", ressalvou o IBGE.

(Com informações do Valor Online)

Bovespa Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Bovespa

66910,711,14%

Mais bolsas

Cotações anteriores

Dolar Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Dolar Comercial

R$ 1,569 -0,44%

Conversor de moedas

Mais sobre câmbio

Cotações anteriores

Hospedagem: UOL Host