! Brasil aparece na 76ª posição em ranking de mercados de imóveis mais caros - 13/03/2009 - InfoMoney
 

13/03/2009 - 08h00

Brasil aparece na 76ª posição em ranking de mercados de imóveis mais caros

SÃO PAULO - O Brasil aparece pela primeira vez no ranking que revela os mercados de imóveis mais caros do mundo na 76ª posição, ocupada pela cidade do Rio de Janeiro, onde
o metro quadrado custa US$ 2.441 - valor de referência de um apartamento de 120 metros quadrados, em boas condições e na região central.

O dado faz parte da pesquisa "Word´s Most Expensives Residential Real Estate Markets 2009" (Os mercados de imóveis mais caros do mundo, na tradução livre para o português), realizada pelo Global Property Guide. A cotação de dólar usado na pesquisa é de janeiro deste ano, mais precisamente do dia 27.


Além do Rio de Janeiro, outra cidade que aparece na lista é São Paulo, na 89ª posição. Na capital paulista, o valor do metro quadrado é de US$ 1.860.

O mais caro

A pesquisa revela que, "não surpreendentemente", Monte Carlo (Mônaco) ocupa a primeira posição do ranking, com o valor de US$ 45 mil o metro quadrado, o que corresponde a duas vezes mais o valor do segundo colocado da lista, Moscou (Rússia), onde o metro quadrado é cotado a US$ 20.853. A tabela abaixo mostra os dez mercados mais caros do mundo:

PosiçãoCidadePaísValor (metro quadrado)
Monte CarloMônacoUS$ 47.578
MoscouRússiaUS$ 20.853
LondresInglaterraUS$ 20.756
TóquioJapãoUS$ 17.998
Hong KongHong KongUS$ 16.125
Nova YorkEUAUS$ 14.898
ParisFrançaUS$ 12.122
CingapuraCingapuraUS$ 9.701
RomaItáliaUS$ 9.166
10ºMumbaiÍndiaUS$ 9.163
Fonte: Global Property Guide


Barganha

Para quem gosta de barganhar, a pesquisa mostra que existem diversos locais em que as propriedades têm preços relativamente baratos, como partes do Oriente Médio, América Latina e Ásia.

Cairo (Egito) é a cidade com o preço mais barato, em torno de US$ 600 por metro quadrado no apartamento levado em consideração pela pesquisa. Em seguida, estão Bangalore (Índia), Concepción (Chile), Quito (Equador), Chengdu (China), Managua (Nicarágua), Jacarta (Indonésia), Amman (Jordânia), Lima (Peru) e Santiago (Chile), sendo que esta última tem valor de US$ 1.221 o metro quadrado.

Aluguéis

A pesquisa ainda contém um ranking de rendimento do investimento em aluguéis nas cidades analisadas. Neste caso, São Paulo ficou na 31ª posição, enquanto Rio de Janeiro ficou na 32ª, com rendimentos de 6,56% e 6,48%, respectivamente.