UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

15/06/2009 - 08h34

Juros do cheque especial recuam pela sexta vez e atingem 8,87% ao mês

SÃO PAULO - Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (15) pela Fundação Procon de São Paulo mostrou que, em junho, na comparação com maio, os juros médios do cheque especial passaram de 8,89% ao mês para 8,87% mensais - um recuo de 0,02 ponto percentual -, marcando a sexta queda consecutiva dos juros, após sucessivas altas.

O estudo verifica as cobranças dos dez maiores bancos do País. Quanto ao empréstimo pessoal, também houve queda, de 0,05 ponto percentual da taxa, ficando em 5,52% ao mês.


Por banco

A queda da taxa de juros do cheque especial deve-se, principalmente, à variação dos juros dos bancos Nossa Caixa, Unibanco e Banco do Brasil. As tabelas abaixo mostram os valores cobrados nas instituições pesquisadas nos dois últimos meses, em ordem decrescente, tanto para o cheque especial como para o empréstimo pessoal.

BancoCheque Especial (a.m.)
MaioJunho
Safra12,30%12,30%
Santander9,50%9,50%
Real9,50%9,50%
HSBC9,34%9,34%
Unibanco8,79%8,71%
Itaú8,67%8,67%
Bradesco8,36%8,36%
Banco do Brasil7,85%7,77%
Nossa Caixa7,82%7,77%
Caixa Econômica Federal6,79%6,79%
Média8,89%8,87%
Fonte: Procon-SP


BancoEmpréstimo Pessoal (a.m.)
MaioJunho
Itaú6,81%6,81%
Unibanco6,79%6,71%
Santander6,15%6,15%
Real6,15%6,15%
Safra5,90%5,50%
Bradesco5,76%5,76%
HSBC4,61%4,61%
Nossa Caixa4,58%4,56%
Banco do Brasil4,58%4,56%
Caixa Econômica4,39%4,39%
Média5,57%5,52%
Fonte: Procon-SP


Perfil: vale esclarecer que as taxas, além de variarem de uma instituição para outra, podem variar de acordo com o perfil do cliente. É importante ficar atento ao perfil da amostra e ao perfil no qual se enquadra na instituição.

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host