! Aquisição pode transformar CSN em uma das maiores do mundo - 18/12/2009 - Lusa - Economia
 

18/12/2009 - 13h21

Aquisição pode transformar CSN em uma das maiores do mundo

São Paulo, 18 dez (Lusa) - A aquisição da Cimpor contribuirá para a formação de uma das maiores fabricantes de cimento do mundo, com capacidade de produção de 36 milhões de toneladas anuais, informou nesta sexta-feira a Companhia Siderurgia Nacional (CSN).

A empresa brasileira destacou, em comunicado, que o lançamento de uma oferta pública de aquisição incluiu a totalidade do capital da Cimpor, com 672 milhões de ações ao preço de 5,75 euros por ação ordinária.

"A CSN poderá usar parte de seu caixa disponível e ou financiar parte ou a totalidade da aquisição com linhas de crédito de bancos de primeira linha", indicou a CSN, ao destacar que a conclusão da oferta estará sujeita à aceitação por parte de acionistas detentores de pelo menos 50% mais uma das ações da Cimpor.

"Apesar de ainda não ter mantido contacto com os administradores da Cimpor, a CSN espera trabalhar em conjunto com a direção da empresa, responsável pela competente condução dos negócios da Cimpor até o presente momento, de modo a alcançar o sucesso da operação", frisou.

"Dentro dos focos de negócio da CSN, esta é uma das melhores oportunidades de diversificação e de internacionalização dos nossos negócios em mercados com grande potencial de crescimento", afirmou o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, citado no texto.

A cimenteira afirmou ainda que a "operação amplia significativamente e consolida a presença da CSN no segmento de cimento, além da destacada posição já ocupada nos segmentos de siderurgia, mineração e logística".

"A transação possibilitará uma melhor diversificação para a CSN em termos de produtos, novos mercados e localização geográfica de ativos, contribuindo para a redução de riscos e adição de valor para [os] seus acionistas", concluiu o comunicado.