! Bolsa de Lisboa fecha último pregão do ano em baixa - 31/12/2009 - Lusa - Economia
 

31/12/2009 - 12h58

Bolsa de Lisboa fecha último pregão do ano em baixa

Lisboa, 31 dez (Lusa) - O índice PSI-20, o principal da Bolsa de Lisboa, fechou nesta quinta-feira com queda de 0,43%, até 8.463,85 pontos, afetada pela desvalorização das ações de Portugal Telecom (PT) e EDP, em um dia em que os mercados europeus tiveram resultados mistos.

No último dia do ano e com o pregão mais curto (o fechamento aconteceu às 11h, de Brasília), o indicador terminou com dez títulos com perdas, dois estáveis e oito em alta, em uma sessão de pouca liquidez, na qual foram negociadas 16,7 milhões de ações, somando 33,9 milhões de euros.

A EDP e a PT foram os papéis mais atingidos, com quedas de 1,08% e 0,9%, respectivamente.

Já Mota-Engil e Portucel foram os títulos com maiores altas, subindo, respectivamente, 2,02% e 1,49%.

O setor energético pressionou em baixa o índice, com a EDP registrando queda de 1,08% em suas ações, até 3,1 euros, enquanto a Galp fechou com perdas de 0,82%, para 12,08 euros.

A EDP Renováveis também teve desvalorização em seus títulos, de 0,44% (para 6,63 euros), enquanto os papéis da REN subiram 0,33%, para 3 euros.

No setor de telecomunicações, a PT fechou em baixa, caindo 0,9%, aos 8,52 euros, seguida dos papéis da Zon, que baixaram 0,28%, para 4,34 euros, enquanto a Sonaecom terminou o dia com alta de 0,63%, até 1,93 euro.

Enquanto isso, no segmento bancário, os títulos do BPI comandaram as perdas, com baixa de 0,47%, para 2,12 euros, seguido do BCP (maior banco português), que caíram 0,35%, até 0,85 euro.

O BES (que tem o Bradesco como acionista) ficou estável em 4,57 euros.

A construtora Mota-Engil foi a estrela do último pregão do ano - depois de ter anunciado um novo investimento em Benguela, Angola -, fechando com alta de 2,02%, para 3,94 euros.