! Citigroup vê lucro cair 57% no trimestre por impacto da crise de hipotecas - 15/10/2007 - Valor Online

UOL EconomiaUOL EconomiaÚltimas Notícias
UOL BUSCA

15/10/2007 - 09h56

Citigroup vê lucro cair 57% no trimestre por impacto da crise de hipotecas

SÃO PAULO - O lucro líquido do Citigroup caiu 57% no terceiro trimestre de 2007, comparativamente a igual período de 2006, por conta dos problemas com ativos lastreados em hipotecas. O ganho final do grupo financeiro americano ficou em US$ 2,38 bilhões, ou US$ 0,47 por papel. No mesmo intervalo do ano passado, o banco lucrou US$ 5,51 bilhões (US$ 1,1 por ação). Mesmo assim, o resultado superou a estimativa de analistas de Wall Street, que projetavam ganho de US$ 0,44 por ação.

Esse recuo já tinha sido antecipado pelo Citigroup, que lançou um aviso ao mercado anunciando esperar uma queda de 60% no lucro por causa de " desvios " nos mercados de crédito e de títulos lastreados a hipotecas e da deterioração no ambiente de crédito ao consumidor.

Mesmo levando essas condições excepcionais em consideração, o diretor-executivo do Citigroup, Charles Prince, classificou o trimestre como desapontador. " Parcela significativa da baixa no lucro ocorreu nas operações com renda fixa, nas quais temos uma longa história de ganhos sólidos, e a performance neste trimestre ficou abaixo das expectativas " , disse ele, em nota. " Nossos resultados em renda fixa, somados aos maiores custos do crédito ao consumo global, levaram a um lucro líquido significativamente menor. "

Em seu balanço do terceiro trimestre, o grupo promoveu depreciação de US$ 1,35 bilhão em operações altamente alavancadas e reconheceu perda de US$ 1,56 bilhão no valor de títulos atrelados a hipotecas e de US$ 636 milhões em créditos a juros prefixados. Além disso, houve um prejuízo de US$ 780 milhões com empréstimos não pagos e o banco aumentou as provisões para créditos inadimplentes em US$ 2,24 bilhões.

Por outro lado, as receitas do grupo cresceram 6% no trimestre, para US$ 22,66 bilhões, puxada pelo desempenho das unidades internacionais. Nesse montante está incluída uma entrada de US$ 729 milhões (antes de impostos) proveniente da venda de ações da empresa brasileira do setor de cartões Redecard na oferta pública inicial ocorrida em junho.

(Valor Online)

Bovespa Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Bovespa

66910,711,14%

Mais bolsas

Cotações anteriores

Dolar Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Dolar Comercial

R$ 1,569 -0,44%

Conversor de moedas

Mais sobre câmbio

Cotações anteriores

Hospedagem: UOL Host