UOL EconomiaUOL EconomiaÚltimas Notícias
UOL BUSCA

BOLSAS

CÂMBIO

04/04/2008 - 19h49

Cruzeiro do Sul usa derivativo para apostar em alta de suas ações

SÃO PAULO - O Banco Cruzeiro do Sul vai usar um contrato derivativo como forma de "demonstrar a confiança da administração da companhia no potencial de apreciação das ações preferenciais".

Em comunicado ao mercado, o banco informou que firmou um acordo com o UBS Pactual pelo qual as instituições poderão fazer contratos de swaps (troca de rentabilidade) de ações, que poderão ter valor nocional (teórico) de até R$ 50 milhões no prazo de um ano.

Da forma como o swap será estruturado, o Cruzeiro do Sul se compromete a pagar a variação do DI mais um spread (não divulgado) ao UBS, e em contrapartida recebe a variação das suas ações preferenciais. Ao fazer o acordo, o banco está dizendo que acredita que suas ações vão se valorizar mais do que os juros que se dispõe a pagar para o UBS.

Na prática, a operação equivale a uma recompra de ações, mas sem desembolso de caixa imediato, nem redução do total de ações em circulação, percentual que está hoje pouco acima de 25% - limite mínimo para as empresas listadas nos níveis de governança corporativa da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

(Fernando Torres | Valor Online)

Bovespa Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Bovespa

66910,711,14%

Mais bolsas

Cotações anteriores

Dolar Fonte: Thomson Reuters

Gráfico Dolar Comercial

R$ 1,569 -0,44%

Conversor de moedas

Mais sobre câmbio

Cotações anteriores

Hospedagem: UOL Host