UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/11/2011 - 12h55

Itaú Unibanco vê aumento da inadimplência para até 4,9%

SÃO PAULO - Até o fim do ano, o Itaú Unibanco ainda espera uma elevação da taxa de inadimplência de até 0,2 ponto percentual, segundo Rogério Calderón, diretor de relações com investidores do banco.

O índice de inadimplência do Itaú atingiu 4,7% da carteira no fim do terceiro trimestre, com uma alta de 0,2 ponto percentual em relação a junho e de 0,5 ponto percentual na comparação com um ano atrás.

O movimento foi basicamente puxado pelo comportamento das pessoas físicas. A inadimplência dessa carteira apresentou uma alta de 5,8% para 6,3% no trimestre, além de uma elevação de 0,3% em relação a setembro de 2010.

De acordo com Calderón, o crescimento dos pagamentos em atrasos entre as pessoas físicas se deu em praticamente todas as carteiras, com exceção do crédito consignado e imobiliário, que tradicionalmente apresentam níveis mais baixos de inadimplência.

Depois do fim do ano, o banco espera uma tendência de estabilidade ou até de queda do nível de inadimplência. Calderón alerta, porém, que esse desempenho ainda dependerá dos desdobramentos da crise que atinge a Europa.

(Carolina Mandl | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host