UOL Notícias Economia

BOLSAS

CÂMBIO

 

01/11/2011 - 16h40

Depois de saltar 3,4%, dólar reduz alta para 1,52%, a R$ 1,73

SÃO PAULO - A demanda por moeda americana perde fôlego, assim como o movimento de baixa nas bolsas, conforme surgem notícias de que o referendo grego sobre as medidas de austeridade não deve sair no papel. Segundo políticos ouvidos pela agência "Dow Jones", a proposta pode não contar com maioria do parlamento grego.

Por volta das 16h30, o dólar comercial subia 1,52%, a R$ 1,730, depois de passar boa parte da tarde subindo mais de 2% e saltar 3,4% na abertura dos negócios.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar para dezembro tinha valorização de 0,66%, a R$ 1,7425, mas fez máxima a R$ 1,775.

Em Wall Street, o Dow Jones reduziu as perdas de mais de 2%, para 1,61%. E por aqui o Ibovespa diminuiu o tamanho da baixa para 1,87%.

No câmbio externo, o Dollar Index (DXY), que mede o desempenho do dólar ante uma cesta de moedas, diminuiu a alta para 0,80%, a 77,11 pontos. O euro também reage, reduzindo as perdas do dia para 0,81%, a US$ 1,374, depois de mínima a US$ 1,361.

(Eduardo Campos | Valor)

Compartilhe:

    Hospedagem: UOL Host