PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Podcast

Mídia e Marketing

Entrevistas com grandes nomes do marketing, propaganda e criatividade no país


Mídia e Marketing #48: Eduardo Campanella, VP de marketing da Unilever

Mais Mídia e Marketing
1 | 25

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/08/2020 04h01

Eduardo Campanella, vice-presidente de marketing da Unilever, é o entrevistado do podcast Mídia e Marketing, publicado hoje (11).

Na entrevista, o executivo fala sobre os aprendizados da pandemia para a multinacional, além de contar como a Unilever tem atuado em plataformas de conteúdo e e-commerce. Campanella ainda comenta sobre as mudanças recentes na forma de fazer propaganda, com a ampliação do diálogo entre marcas e consumidores.

"A palavra-chave da pandemia é empatia. A vida do nosso funcionário mudou, a vida do nosso consumidor mudou. Comunicação é estar em sintonia com o consumidor. A crise é tão grande que, para uma parte importante da população, é difícil falar de otimismo. É o momento de empresas e sociedade estarem mais unidas", afirma o executivo (no arquivo acima, o trecho está a partir de 7:07).

Sobre o novo momento da publicidade, o executivo é enfático. "A propaganda sempre teve a ver com diálogo. Acho que a verdade é muito mais importante. O consumidor está muito mais atento ao que ele compra, ao benefício que ele recebe. O momento que a gente vem vivendo mudou a relação do consumidor com muitas das categorias e isso faz com que a propaganda tenha que buscar esse olhar mais próximo", declara Campanella (a partir de 13:40).

Ao citar as marcas do portfólio da companhia, o executivo fala sobre a responsabilidade das decisões pelo tamanho da empresa. "A Unilever toca a mão de 2,5 bilhões de pessoas por dia. Isso mostra um pouco da responsabilidade que a gente tem nesse mundo. Nossa primeira decisão, no começo da pandemia, foi se preocupar com as pessoas. Estabelecemos novas formas de trabalhar. Uma visão de longo prazo nunca foi tão longa quanto amanhã. Essa é grande mudança desse momento" (a partir de 1:12).

Campanella ainda fala sobre outras lições da pandemia. "Acho que a coisa mais bacana da pandemia foi ver a união de empresas, concorrentes indiretos ou complementares. Quando você imaginaria que a Unilever, junto com a Heineken, lançariam um produto de limpeza? Isso envolveu diversos parceiros, com todo mundo doando sua parte e impactos em mais de 260 favelas. Este foi o poder que a pandemia habilitou. Mostra que o mundo tem tudo para sair dessa pandemia com um olhar mais unido" (a partir de 28:23).

"O que mais me inspira hoje é pensar em novos modelos de negócios. Nunca foi tão rico pensar em novos modelos de negócios, nunca foi tão fácil tirar novas ideias do papel. Estamos em um momento muito difícil, mas existem muitas oportunidades", afirma o executivo. (a partir de 25:45).

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Mídia e Marketing, por exemplo, no Spotify, na Apple Podcasts e no YouTube.