PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Fim do auxílio emergencial: Mães que sustentam o lar relatam preocupação

29/12/2020 04h00

Em abril de 2020, com a crise do coronavírus, o governo começou a pagar um auxílio de R$ 600 a pessoas de baixa renda sem emprego formal. Mulheres que sustentam o lar sozinhas e têm algum dependente menor de idade receberam o pagamento em dobro - foram cinco parcelas de R$ 1.200.

O governo prorrogou o auxílio até o final do ano, com no máximo quatro parcelas extras. Mas o valor caiu pela metade, e as chefes de família passaram a receber R$ 600.

Agora, com o final do auxílio e a economia ainda em crise, as mães-solo temem passar por dificuldades ainda maiores.