PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Marques se envolveu em confusão quando Guedes foi chamado de 'tchutchuca'; veja

29/06/2022 13h01

Com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, acusado de assédio, o presidente Jair Bolsonaro decidiu escolher uma mulher para o cargo: Daniella Marques, atual secretária especial de Produtividade e Competitividade.

Em abril de 2019, em uma comissão que discutia a reforma da Previdência, o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) disse que Guedes era "tigrão" com os aposentados e professores, e "tchutchuca" com os privilegiados e com os "amigos banqueiros". Guedes se exaltou, respondendo que "tchutchuca" seria a mãe do deputado.

No meio do tumulto, a deputada Maria do Rosário (PT-RS) afirmou ter sido ofendida por Daniella Marques e exigiu que a auxiliar de Guedes fosse levada para a delegacia da Polícia Legislativa na Câmara. Não houve registro de ocorrência.