PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Empregos e carreiras

Brasil gera 94.893 vagas com carteira assinada em outubro, diz Caged

Do UOL, em São Paulo

21/11/2013 16h14Atualizada em 21/11/2013 16h42

O país gerou 94.893 vagas de emprego com carteira assinada em outubro, de acordo com dado do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (21). 

O total de postos de trabalhos criados equivale a um aumento de 0,23% em comparação com o mês anterior.

Os setores que contribuíram para esse resultado foram o comércio com 52.178 postos (0,58%), a indústria de transformação com 33.474 postos (0,40%) e serviços com 32.071 postos (0,19%).

Houve redução de empregos nos setores da agropecuária (-22.734 postos ou -1,36%) e na construção civil (-2.152 postos ou -0,07%).

Alagoas foi o Estado que mais gerou empregos

Entre os Estados que tiveram saldo positivo na geração de empregos, Alagoas lidera com 15.953 vagas geradas (4,65%), seguido por São Paulo com 12.854 (0,10%), Santa Catarina com 12.050 (0,61%), Rio Grande do Sul 9.544 (0,36%) e Paraná 8.199 (0,30%).

Minas Gerais, Bahia e Goiás são os que mais perderam postos de trabalho com -6.296 (-0,15%), -2.419 (-0,14%) e - 2.000 (-0,16%), respectivamente.

Taxa de desemprego no país cai para 5,2%

A taxa de desemprego brasileiro caiu para 5,2% em outubro, a menor taxa desde dezembro do ano passado. As informações foram divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (21).

O resultado também representa o menor patamar para o mês de outubro desde que a série foi iniciada em 2002. Em dezembro do ano passado o desemprego havia atingido mínima histórica de 4,6%.

Em outubro do ano passado, a taxa de desemprego ficou em 5,3%.

PUBLICIDADE

Empregos e carreiras