Inscrição CNU: Quantos cargos dá para escolher no Enem dos Concursos?

Nesta sexta-feira (9) termina o prazo para se inscrever para o Concurso Público Nacional Unificado, também conhecido como "Enem dos Concursos". As provas serão aplicadas em diversas cidades do país e oferecerá 6.640 vagas, divididas em 8 blocos temáticos.

As provas objetivas e de redação vão ser aplicadas no dia 5 de maio, em 220 cidades. A iniciativa tem como objetivo unificar a contratação de servidores federais e ampliar a possibilidade de escolha do cidadão conforme a área de atuação.

Quantos cargos dá para escolher no Enem dos Concursos?

O candidato pode se inscrever em quantos cargos desejar dentro do mesmo bloco temático. Não é possível fazer a inscrição para mais de um bloco.

Vale destacar ainda que o candidato poderá ordenar a preferência entre os cargos e especialidades disponíveis no bloco em que fez a inscrição.

O período de inscrição se encerra nesta sexta-feira (9), às 23h59, de acordo com o horário oficial de Brasília. Quem estiver interessado em fazer o certame, mas ainda não fez a inscrição, deve se inscrever no site da Cesgranrio ainda hoje.

O valor a ser pago é de R$ 60,00 para vagas de nível médio (bloco 8) e de R$ 90,00 para de nível superior (demais blocos).

Quais são os blocos temáticos do Enem dos Concursos?

  • Bloco 1: Infraestrutura, Exatas e Engenharias: destinado para candidatos com formação em engenharias, exatas, arquitetura e áreas correlatas;
  • Bloco 2: Tecnologia, Dados e Informação: voltado para pessoas com graduação em computação, dados, estatística e afins;
  • Bloco 3: Ambiental, Agrário e Biológicas: candidatos com formação em engenharia agronômica e florestal, biologia, química, farmácia, medicina veterinária e afins;
  • Bloco 4: Trabalho e Saúde do Servidor: a maioria dos cargos demandam formação específica em Medicina ou Psicologia. Mas há vagas que podem ser preenchidas por qualquer pessoa com ensino superior;
  • Bloco 5: Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: vagas disponíveis para quem é formado em pedagogia, história, sociologia, economia, farmácia etc. Também há oportunidades disponíveis aos candidatos com nível superior completo;
  • Bloco 6: Setores Econômicos e Regulação: a maioria das vagas são destinadas para quem é graduado em economia, direito, relações internacionais e afins. Porém, também há oportunidades voltadas para quem tem ensino superior completo;
  • Bloco 7: Gestão Governamental e Administração Pública: há oportunidades voltadas para quem tem nível superior, e vagas específicas para quem é formado em comunicação social, administração, contabilidade e afins;
  • Bloco 8: Nível Intermediário: voltado às vagas que exigem Ensino Médio.

Cronograma do exame

O prazo de inscrição termina nesta sexta-feira, dia 9 de fevereiro. As provas objetivas de redação serão aplicadas em 5 de maio e a divulgação final dos resultados do concurso está prevista para o dia 30 de julho.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes