PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Antecedência garante diárias mais baixas em hotéis

Aiana Freitas

Do UOL, em São Paulo

27/09/2012 06h00

Assim como os preços das passagens aéreas, os valores das diárias de hotéis são determinados de acordo com critérios como o dia da semana e a época do ano. Comprar com antecedência, nesse caso, garante maior poder de negociação para o consumidor.

Fora do Brasil, os hotéis costumam lançar mão de softwares para determinar o preço das diárias, que podem variar em poucas horas. Aqui no Brasil, porém, isso ainda não é comum, afirma o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em São Paulo (ABIH-SP), Bruno Omori.

"Fora do país, os sistemas são usados por redes internacionais que trabalham principalmente com executivos que viajam a negócios", diz Omori. "No Brasil, o uso de sistemas para calcular os preços não é uma prática muito difundida. Os preços não variam minuto a minuto, mas por dia."

Em cidades tradicionalmente voltadas ao turismo de lazer, as diárias costumam ser mais caras nos finais de semana e mais baratas de segunda a sexta-feira. Nas cidades que recebem mais executivos, a lógica é contrária.

"Em São Paulo, por exemplo, a tarifa é mais barata no fim de semana porque os hotéis tentam atrair uma demanda que normalmente não existe na cidade nestes dias", afirma o presidente da associação.

No fim do ano e quando a cidade sedia eventos de grande porte, como a Fórmula 1, os preços também costumam subir.

Em dias comuns, apesar de não haver muita variação, quem fecha pacotes costuma ter maior poder de negociação. Alguns hotéis podem negociar o pacote com base no preço da diária mais baixa, por exemplo.

"Quem fecha pacote com antecedência também tem mais vantagens. Se a pessoa deixar para fazer a reserva na última hora, ela não vai pagar mais pela diária, mas correrá o risco de não conseguir o quarto que quer."

Economia