ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Educação

Empresário deixa multinacional para investir em educação pela internet

Leandro Moraes/UOL
Imagem: Leandro Moraes/UOL

Matheus Lombardi

Do UOL, em São Paulo

02/01/2013 06h00

O empresário Carlos Souza largou uma carreira de sucesso em uma grande multinacional para realizar o sonho de levar educação de qualidade para milhões de pessoas. O 'estalo' ocorreu após um acidente em uma pista de esqui, no Chile. Daí para a mudança radical, se passaram poucos meses.

"Eu queria um propósito maior naquilo que eu fazia. O acidente que sofri ajudou a agilizar essa mudança na minha vida. Mas a vontade de empreender sempre esteve dentro de mim", disse.  E assim criou o Veduca, um site que reúne aulas das principais universidades do mundo, como Harvard e MIT (Instituto Tecnológico de Massachusetts). Tudo de graça.

Ideia aparentemente simples

Assim como as grandes ideias, o Veduca começou com um objetivo aparentemente simples: reunir aulas que já eram disponibilizadas por essas universidades. Porém, havia uma 'pedra' no meio do caminho: poucas universidades brasileiras possuem conteúdo em vídeo aberto para acesso público.

"Infelizmente, o Brasil está 10 anos atrás dos outros países. Aqui, ainda não existe um cultura de disponibilizar tudo para as pessoas, por isso temos poucas aulas em português", disse. Até hoje, apenas a Universidade de São Paulo (USP) possui aulas no portal. 

Equipe traduz aulas para o português

Com uma equipe de tradutores, o Veduca faz as legendas e disponibiliza as aulas gratuitamente. Mais de mil vídeos já possuem legendas, de um total de 5.000 disponibilizados. "Hoje, basta querer aprender ou se aprofundar em determinado assunto. De química a direito, enfim, é só querer", afirma.

Com pouco menos de um ano em funcionamento, o site já alcançou a marca de 1 milhão de visitantes. Para o final de 2013, a expectativa de Souza é que o número de visitantes chegue a 1 milhão por mês.

'A revolução é agora'

O Veduca vai lançar uma ferramenta que possibilitará 'linkar' as vídeo-aulas em outros sites parceiros. "Ao procurar por um assunto em um site que tenha o nosso programa, será possível assistir uma aula com alguns dos melhores professores do mundo. Com isso, esperamos multiplicar os acessos ao site, e facilitar a vida de quem quer aprender mais sobre o tema", declarou. 

Além disso, o Veduca passará a emitir certificados em parceria com outras entidades."Os alunos terão que fazer testes, assistir aulas. No final, vão ganhar um certificado", afirmou.

"A revolução na educação é agora. Está acontecendo no mundo todo. Queremos ir para a América Latina também. Nossos sonhos são grandes", disse.

Mais Educação