Antes do 'carro voador'

aviação

 A Embraer recebeu encomendas de 'carros voadores', que começarão a ser entregues em 2026. Relembre outros modelos fabricados pela empresa

Divulgação/Embraer

O avião foi desenvolvido pelo CTA (Centro Técnico Aeroespacial). A Embraer foi criada para produzir o modelo em série.

1969

Bandeirante

Divulgação/Embraer

Primeiro avião a jato produzido no Brasil, usado para treinamento de militares e missões de ataque aéreo.

Divulgação/Embraer

1971

Xavante

Conhecida na Força Aérea Brasileira como T-27, a aeronave foi desenvolvida para treinamentos e ataques leves. A Embraer produziu 600 aviões desse modelo.

Divulgação/Embraer

1980

Tucano

O caça subsônico foi fruto de uma parceria entre a Embraer e a italiana Aermacchi. Ele foi criado para utilização em ataque, apoio e reconhecimento aéreo.

Divulgação/Embraer

1985

AMX

Evolução do Tucano, a aeronave incorporou novas tecnologias. No Brasil, é utilizada para treinamento de pilotos, missões de ataque, vigilância e reconhecimento aéreo.

Divulgação/Embraer

1999

Super Tucano

A linha de jatos executivos da Embraer contava, inicialmente, com dois modelos. Em 2011 e 2013 foram lançadas outras duas versões do jato, a 500 e a 450.

Getty Images/iStock

2001

Legacy 600 e 650

Maior jato executivo produzido pela Embraer, pode acomodar entre 13 e 19 passageiros nas cinco zonas de cabine.

Divulgação/Embraer

2007

Lineage

Divulgação/Embraer

A linha de jatos executivos, com Phenom 100 e 300, é a de maior sucesso da Embraer.

2008

Phenom

Maior avião produzido pela Embraer, o jato militar tem 35,2 metros de comprimento e capacidade para transportar até 23 toneladas de carga. 

Divulgação/Embraer

2015

KC-390

Lançamentos mais recentes da Embraer na linha de jato executivos. 

Roosevelt Cássio/UOL

2018

Praetor 500 e 600

Edição: Armando Pereira Filho

Reportagem: Giulia Fontes

Publicado em 25 de junho de 2021.