PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Empregos e carreiras

9 universidades dos EUA onde é possível estudar pagando pouco (ou nada)

Harvard é uma das universidades dos EUA onde dá pra estudar de graça --se você for ótimo aluno - Getty Images
Harvard é uma das universidades dos EUA onde dá pra estudar de graça --se você for ótimo aluno Imagem: Getty Images

Do Estudar Fora*

08/03/2021 04h00

Fazer a graduação nos Estados Unidos é uma possibilidade que atrai muita gente — afinal, entre as melhores universidades do mundo, muitas delas estão no país. O ensino superior dos EUA ainda é bem caro para estrangeiros, mas há uma série de universidades no país que oferecem bolsas de estudo para alunos estrangeiros por meio de programas anuais.

Muitas universidades oferecem bolsas de estudo fora de seus programas regulares de apoio financeiro. Se você se candidatar para estudar em uma instituição dos EUA e demonstrar que só consegue se matricular com apoio financeiro, é possível que ela ofereça algum tipo de ajuda.

O tipo e o valor da ajuda variam bastante. Pode ser desde um desconto na matrícula até isenção de taxas de anuidade e acomodação garantida no campus. Essas universidades, em geral, destinam anualmente um valor para estudantes que têm esse tipo de necessidade. Se você tiver boas notas, as chances de receber essa ajuda são maiores.

Há também universidades com programas regulares de bolsas para alunos estrangeiros. No caso desses programas, as regras para conseguir as bolsas são sempre as mesmas, e o valor do auxílio já é conhecido. E há também universidades que oferecem bolsas integrais para os estudantes que elas querem atrair para suas salas.

Universidades com bolsas integrais para estrangeiros

1. Harvard

Para quem não tem bolsa, Harvard está longe de ser barata, mas a universidade mais prestigiosa do mundo é uma das poucas dos EUA que têm uma política de recrutamento "need blind" para alunos de fora do país.

Isso significa que se você se candidatar lá e os recrutadores gostarem de você, Harvard lhe dará o apoio financeiro necessário para estudar lá, mesmo que você precise de bolsas integrais. Mas vale lembrar que Harvard também é uma das universidades mais concorridas do mundo, então sua candidatura precisa estar muito boa.

2. MIT

Assim como Harvard, o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) é outra das universidades mais renomadas do planeta. E ela também tem a política de recrutamento "need blind" para alunos estrangeiros —apesar de ser bem cara para quem vai estudar sem bolsa.

O mesmo aviso que vale para Harvard vale aqui: o instituto de tecnologia é extremamente concorrido. Fora isso, se você for escolhido para a graduação lá, você também vai precisar demonstrar que tem necessidade financeira —não basta dizer, tem que demonstrar.

3. Yale

Yale, assim como Harvard, faz parte da Ivy League, um grupo de oito instituições de ensino superior dos Estados Unidos que unem tradição e excelência acadêmica (e que costumam ter anuidades bem caras). Ela é a segunda instituição da Ivy League que tem uma política de recrutamento "need blind".

Ou seja: ela oferece bolsas integrais para os alunos estrangeiros que enviam candidaturas impressionantes. Mas isso apenas se eles demonstrarem que precisam do apoio financeiro para realizar os estudos.

4. Princeton

Também da Ivy League, Princeton costuma aparecer entre as melhores do mundo e também têm a política "need blind" de recrutamento. Para estudantes estrangeiros que precisam da bolsa integral, portanto, ela é uma ótima pedida.

5. Berea College

O Berea College é uma faculdade de "liberal arts" do estado de Kentucky que oferece praticamente uma graduação de graça nos EUA. "Liberal arts" é um um tipo de graduação que favorece a interdisciplinaridade.

A faculdade se compromete a oferecer bolsas de estudo de até 100% e apoio financeiro para alunos internacionais durante o primeiro ano de estudos.

Os alunos precisam fazer um depósito de US$ 2.200 para garantir sua vaga (mas a instituição dá bolsas parciais para esse depósito também, caso o estudante comprove necessidade) e pagar uma taxa de ingresso de US$ 50. A universidade costuma receber candidaturas anualmente, na metade do ano.

6. Illinois Wesleyan University

Localizada no estado do Illinois, a Wesleyan University tem três programas de bolsas para apoiar alunos estrangeiros que queiram estudar lá. Elas vão de US$ 16 mil por ano até o custo total das anuidades, que chega a US$ 50 mil por ano, dependendo do curso.

Ou seja, você consegue fazer a graduação lá com 30% a 100% de bolsa, dependendo do programa. A universidade costuma receber candidaturas todo ano, nos primeiros meses do ano.

7. Universidade do Oregon

A Universidade do Oregon tem um programa que pode ser interessante para alunos brasileiros. Trata-se do International Cultural Service Program, um programa de serviços culturais especialmente voltado a quem vem de fora.

Aqueles que participarem ativamente da ação podem ter isenção na anuidade do curso de interesse. Mas é necessário candidatar-se durante os primeiros meses do ano —em geral, janeiro e fevereiro.

8. Emory University

A Emory University fica na cidade de Atlanta, no estado da Geórgia e oferece uma série de programas de bolsas para fazer graduação nos EUA. O valor das bolsas vai de US$ 10 mil até 100% das anuidades, e as bolsas mais generosas costumam incluir também moradia e alimentação dentro da própria universidade.

A universidade também permite que estudantes estrangeiros trabalhem até 20 horas semanais para gerar renda ou reduzir o valor das anuidades. A candidatura costuma abrir na metade do ano e ir até novembro.

9. Clark University

A Clark University, localizada no estado de Massachusetts, também tem alguns programas de bolsas aos quais estudantes brasileiros podem se candidatar. Entre eles, há o Presidential LEEP Scholarship, que a cada ano contempla cinco alunos internacionais com bolsas integrais e o valor da moradia durante os estudos.

O Global Scholars Program é outro programa que oferece mais de 50% do valor das anuidades em bolsas de estudo. A candidatura deve ser feita na metade do ano, com prazos indo até novembro.

*O texto "9 universidades dos EUA em que é possível estudar pagando pouco (ou nada)" foi publicado originalmente no portal Estudar Fora, da Fundação Estudar.

PUBLICIDADE
Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que a matéria dizia, Atlanta não é um estado, mas uma cidade no estado de Geórgia, nos Estados Unidos.

Empregos e carreiras