PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Mídia e Marketing

UOL lança podcast sobre futebol com Juca, Mauro Cezar, Arnaldo e Tironi

Do UOL, em São Paulo

30/09/2019 19h32

O UOL Esporte lança, hoje (30), o Posse de Bola, seu podcast semanal sobre futebol. A mesa redonda tem Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi analisando a rodada do Brasileirão que passou, a que está por vir e o que for mais importante no esporte favorito do país.

"Sabe aquela conversa de bar, que está nas redes sociais, na equina, na escola, trabalho? É exatamente isso que a gente vai conversar aqui. Mas vamos debater do nosso jeito, que é com profundidade, com conhecimento e com opinião", explica Tironi.

O quarteto de apresentadores é conhecido do público fã de futebol: Juca, Mauro Cezar e Arnaldo eram integrantes do Linha de Passe, da ESPN Brasil, até a última reestruturação da emissora. Tironi era um dos editores do programa.

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts. Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

"O Palmeiras está querendo ser beneficiado"

As reclamações do Palmeiras pelo gol anulado no empate em 1 a 1 contra o Internacional, em Porto Alegre, foi um dos principais assuntos abordados no primeiro episódio, inclusive com Juca Kfouri defendendo uma revisão das regras e Mauro Cézar Pereira criticando a reação dos palmeirenses, em especial o presidente Maurício Galiotte.

"Alguma coisa precisa ser feita, se não, toda hora vão anular gol milimétrico e aí atrapalha ainda mais o andamento do jogo", disse Juca.

"A gritaria de Palmeiras é absolutamente patética. Aliás, um absurdo tudo o que falou ontem presidente Palmeiras depois do jogo, completamente equivocado", afirmou Mauro. "Eu quero meu gol roubado. Eu quero meu gol com a mão, como queriam ao pênalti contra o Corinthians em 2018, que houve a tal interferência externa, ou não houve. O Palmeiras está querendo ser beneficiado. Isso fez com que pouco se falasse do futebol do Palmeiras, que foi elogiado contra times mais fracos", completou.

O Flamengo segue visto como o time que apresenta o melhor futebol do Campeonato Brasileiro, mas com seu elenco colocado à prova em meio às semifinais da Libertadores ao mesmo tempo em que tenta sustentar a liderança contra o elenco mais numeroso do Palmeiras.

Os comentaristas ainda falaram sobre como o São Paulo com seu novo técnico, Fernando Diniz, foi pragmático no empate com o Flamengo. "O Diniz que a gente conhece esteve no Maracanã por 10 minutos. Pressão e tentativa de sair jogando. O jogo fez com que o Diniz e o São Paulo virassem um time pragmático. Diniz tem o desafio da vida dele, ele nunca teve sucesso num time grande. Fez bom trabalho no Athletico, mas quase caiu, fez bom trabalho no Fluminense, mas quase caiu", analisou Arnaldo.

Fim, o Posse de Bola falou sobre como o Corinthians de Fábio Carille pode vencer, mas não consegue convencer os torcedores. "O Fabio Carille tem tentado, mas ele não consegue. É diferente. A questão são as referências que ele tem como técnicos: Mano Menezes e Tite, caras que constroem o time pela defesa. Ele é um bom técnico para armar o time na defesa, mas falta inspiração. Acho que ele deveria dedicar as férias dele pra ler, estudar, conversar, conhecer pessoas que possam servir de referência pra ele com outras características de jogo", falou Mauro Cezar.

Mídia e Marketing