PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Jurista Ives Gandra é entrevistado ao vivo nesta quarta, às 14h45

Do UOL, em São Paulo

20/05/2020 09h44

O UOL Entrevista conversa ao vivo nesta quarta-feira (20), às 14h45, com o jurista Ives Gandra Martins para analisar as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro e pelo empresário Paulo Marinho contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu filho Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Qual a diferença entre o caso narrado por Moro, que aponta suposta interferência do presidente na Polícia Federal, para a situação relatada por Marinho, que afirma que a PF antecipou ao hoje senador Flávio Bolsonaro que seu ex-assessor Fabrício Queiroz seria alvo de uma operação?

Essa e outras questões serão abordadas na entrevista, que será conduzida pelos colunistas Tales Faria e Chico Alves, e será transmitida ao vivo pela home do UOL e pelos canais do UOL no YouTube, Facebook e Twitter.

Nessa terça (19), os dois jornalistas trataram do mesmo assunto com o jurista Wálter Maierovitch. Na conversa, o professor de direito penal disse não entender o que falta para a Câmara dos Deputados iniciar o processo de impeachment do presidente Bolsonaro.

Ainda na terça, ao jornal Folha de S. Paulo, Ives Gandra avaliou que ações de ministros do STF podem terminar em uma intervenção pontual das Forças Armadas para solucionar o embate entre os poderes Judiciário e Executivo. De acordo com ele, esse mecanismo está previsto no artigo 142 da Constituição.

Professor emérito da Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie e membro da Academia Brasileira de Filosofia, Ives Gandra está com 85 anos, é escritor e especialista em direito constitucional e tributário. No início de abril, o jurista recebeu alta do hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, onde estava internado após ser diagnosticado com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Desde então, está em casa cumprindo quarentena.

Notícias