PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Preços do petróleo despencam 6% com menores preocupações de oferta

O Brent chegou a ser negociado a 97,44 dólares durante a sessão de terça-feira e o WTI atingiu 93,53 dólares, a mínima desde 25 de fevereiro - Sergei Karpukhin/Reuters
O Brent chegou a ser negociado a 97,44 dólares durante a sessão de terça-feira e o WTI atingiu 93,53 dólares, a mínima desde 25 de fevereiro Imagem: Sergei Karpukhin/Reuters

Stephanie Kelly

15/03/2022 17h20

Os preços do petróleo caíram mais de 6% nesta terça-feira, para o menor nível em quase três semanas, à medida que os temores de interrupção do fornecimento diminuíram e o aumento dos casos de covid-19 na China gerou preocupações com a demanda.

O petróleo Brent despencou 6,99 dólares, ou 6,5%, fechando a 99,91 dólares o barril, enquanto o petróleo nos EUA (WTI) caiu 6,57 dólares, ou 6,4%, a 96,44 dólares o barril. Ambos os contratos fecharam abaixo de 100 dólares por barril pela primeira vez desde o final de fevereiro.

O Brent chegou a ser negociado a 97,44 dólares durante a sessão de terça-feira e o WTI atingiu 93,53 dólares, a mínima desde 25 de fevereiro.

Ambos os contratos ficaram em condições de sobrecompra no início de março, quando as marcas de referência atingiram máximas de 14 anos após a invasão da Ucrânia pela Rússia. Desde então, o Brent perdeu quase 40 dólares e o WTI caiu mais de 30 dólares.

O declínio acentuado nesta terça-feira ocorreu quando a Rússia disse que recebeu garantias por escrito de que pode realizar seu trabalho como parte do acordo nuclear com o Irã, sugerindo que o governo russo poderá permitir o renascimento do pacto de 2015.

Ao mesmo tempo, um negociador ucraniano disse na terça-feira que as conversas com a Rússia sobre um cessar-fogo e a retirada de tropas russas da Ucrânia estão em andamento.