Indústria paulista demite 16,5 mil só em junho, diz Fiesp

  • Marcelo Justo/Folhapress

Depois de fechar 7,5 mil postos de trabalho em maio, a indústria paulista cortou outras 16,5 mil vagas em junho, segundo o indicador da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), uma retração de 0,73% no nível de emprego do setor no Estado em relação ao mês imediatamente anterior - menos 0,49%, se descontados os efeitos sazonais.

A queda de 0,73% é menor que a de 1,20% registrada no mesmo período do ano passado, o maior recuo para o período desde o início da pesquisa, em 2005.

No primeiro semestre, o setor acumula 57,5 mil demissões, ante 62,5 mil no mesmo período do ano passado, número que também foi o pior da série.

A Fiesp estima a eliminação de 165 mil vagas de trabalho na indústria paulista este ano, ante perda de 235.500 vagas em 2015.

Segmentos

Dos 22 segmentos pesquisados, 20 apuraram saldo negativo, com destaque para o de máquinas e equipamentos (-3.112), vestuário e acessórios (-3.092) e couro e calçados (-2.348). O ramo de informática abriu 1.256 postos e o de produtos farmacêuticos abriu apenas 19 vagas.

Das 36 diretorias regionais da Fiesp no Estado, 31 tiveram variação negativa no índice de emprego em junho, três ficaram estáveis, e dois contrataram mais do que demitiram.

Indonésio desempregado se reinventa como 'super-herói' das ruas

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos