Bolsas

Câmbio

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Oito dúvidas sobre direitos dos concurseiros
  • link: http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/album/2011-oito-duvidas-sobre-direitos-dos-concurseiros_album.htm
  • totalImagens: 8
  • fotoInicial: 1
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/empregos/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130625130647
Fotos
<b>Candidatos que possuem tatuagem podem ser desclassificados em concurso público?</b> Resposta: Não, tatuagem não pode mais eliminar candidatos de certame, por jurisprudência pacífica do STJ (Superior Tribunal de Justiça), e, mesmo que conste no edital do concurso, esta cláusula é nula de pleno direito e deverá ser quebrada pela via judicial Toni Albir/EFE Mais
<b>Candidatos com nome protestado em serviços de proteção ao crédito podem ser impedidos de tomar posse do cargo?</b> Resposta: O SPC é um indicativo do setor privado para que instituições privadas não liberem crédito àquela pessoa. Para concursos públicos, não tem validade nenhuma Shutterstock Mais
<b>Pessoas que foram processadas penalmente podem ser nomeadas se forem aprovadas em um concurso?</b> Resposta: O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que há presunção de inocência. Ou seja, o candidato só não poderá tomar posse, se tiver sido condenado por um juiz. Não pode haver mais recurso para tentar sua inocência - como no caso de ser condenado a 2 anos de prisão ou mesmo de ter de pagar de multa Shutterstock Mais
<b>O quesito altura mínima, exigido em alguns concursos, pode eliminar um candidato que tenha sido aprovado nas demais etapas?</b> Resposta: Sim, mas a previsão de altura tem de ter relação com as atividades a serem exercidas pelo candidato istockphoto Mais
<b>Aprovação em cadastro de reserva exige nomeação?</b> Resposta: Depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a nomeação obrigatória dos aprovados no número de vagas, é o momento de começar a cobrar a nomeação de quem está no cadastro de reserva Renato Stockler/Folhapress Mais
<b>É legitimo o exame psicotécnico ser exigido e reprovar?</b> Resposta: É legitimo e é comum. A administração pública pode avaliar a sanidade mental do candidato. O problema é a falta de critérios para analisar o candidato. Apenas classificam como apto ou inapto. O teste é legitimo, mas o edital deve especificar qual técnica será usada para avaliar o candidato e qual será o critério para sua reprovação Shutterstock Mais
<b>Os requistos exigidos no edital devem ser comprovados no momento de inscrição ou na posse? </b> Resposta: O STJ (Supremo Tribunal Federal) entende que os requisitos previstos só devem ser confirmados no momento da posse. Pode não ter diploma na inscrição, desde que o tenha na posse Shutterstock Mais
<b>Caso o candidato não seja considerado pessoa com deficiência após perícia médica, o que acontecerá?</b> Resposta: Ele perde o beneficio isonômico que pretende igualá-lo a partir de sua diferença e passa a concorrer com os outros candidatos, sem deficiência. Também corre o risco de ser excluído do certame Shutterstock Mais

Oito dúvidas sobre direitos dos concurseiros

Veja mais:

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos