Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: "Cat cafés" no Japão cobram para cliente afagar gatos
  • link: http://economia.uol.com.br/album/110812_catcafes_album.htm
  • totalImagens: 32
  • fotoInicial: 1
  • imagePath: http://ec.i.uol.com.br/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130117123053
    • Gato [10177]; Pet [20100]; Negócios [13097];
Fotos
Os chamados "cat cafés" tornam-se cada vez mais populares no Japão, em uma sociedade em que é cada vez mais difícil ter seu próprio bichinho de estimação Divulgação/Neko Jalala Mais
Em geral, os "cat cafés" do Japão cobram um valor por hora, e os clientes podem brincar com os gatos à vontade. O preço médio é 1.000 ienes (cerca de R$ 21) pela primeira hora nos dias de semana, e 1.200 ienes (R$ 25,20) nos fins de semana e feriados Divulgação/Nekorobi Mais
O Café Nekorobi, em Tóquio, funciona das 11h às 23h durante todos os dias Divulgação/Nekorobi Mais
Um time de gatinhos atrai os clientes ao pequeno café Nekorobi, escondido no terceiro andar de um prédio em Ikebukuro, em Tóquio Divulgação/Nekorobi Mais
No Japão, a população tem índices crescentes de pessoas solteiras e sem filhos, o que torna a solidão um problema, ou uma oportunidade de negócio para os "cat cafés" Divulgação/Neko Jalala Mais
Não há um número exato de quantos "cat cafés" existem no Japão, mas acredita-se que existam pelo menos 39 só em Tóquio Divulgação/Nekorobi Mais
Para brincar com os gatos no "cat café" Nekorobi, o cliente paga 1.000 ienes (cerca de R$ 21) pela primeira hora nos dias de semana, e 1.200 ienes (R$ 25,20) nos fins de semana e feriados Divulgação/Nekorobi Mais
O café Nekorobi também vende produtos ligados a gatos para aumentar seus lucros Divulgação/Nekorobi Mais
Em alguns "cat cafés" do Japão, o movimento é tanto que os clientes precisam fazer reserva Divulgação/Nekorobi Mais
Em geral, os "cat cafés" cobram um valor por hora e os clientes podem brincar com os gatos, usar a infraestrutura do local (em geral, TV, computador, internet, revistas, videogame) e consumir à vontade os produtos de máquinas de bebidas e salgadinhos Divulgação/Nekorobi Mais
No Nekorobi o serviço custa 1.000 ienes (cerca de R$ 21) a primeira hora nos dias de semana, e 1.200 ienes (R$ 25,20) nos fins de semana e feriados Divulgação/Nekorobi Mais
Fígaro, Sugar, Haruki, Kantaro, Aisha, Kuririn, Anko, Bert, Mocchi, Kinako, Doraemon, Kinako. Esse é o time eficiente que atende os consumidores no pequeno café Nekorobi Divulgação/Nekorobi Mais
Os chamados "cat cafés" ("café dos gatos") tornam-se cada vez mais populares no Japão Divulgação/Nekorobi Mais
O café Neko Jalala tenta atrair clientes em meio às lojas hi-tech do distrito de Akihabara Divulgação/Neko Jalala Mais
Para atrair clientes, o café anuncia: "Para escapar do estresse da vida urbana, os clientes do 'cat café' Neko Jalala em Tóquio podem relaxar em sofás macios enquanto tomam um chá e alisam o pelo de um dos oito gatos da equipe do café" Divulgação/Neko Jalala Mais
O Café Nekorobi funciona das 11h às 23h durante todos os dias, e garante que, mesmo quando está lotado, o cliente só precisa esperar por volta de 10 minutos Divulgação/Nekorobi Mais
Os clientes não são atraídos aos "cat cafés" por bebidas ou quitutes, mas sim para brincar e fazer carinho nos gatinhos ("neko", em japonês) Divulgação/Nekorobi Mais
Fígaro, Sugar, Haruki, Kantaro, Aisha, Kuririn, Anko, Bert, Mocchi, Kinako, Doraemon, Kinako. Esse é o time eficiente que atende os consumidores no pequeno café Nekorobi Divulgação/Nekorobi Mais
Os chamados "cat cafés" ("café dos gatos") tornam-se cada vez mais populares no Japão Divulgação/Nekorobi Mais
A população japonesa tem índices crescentes de pessoas solteiras e sem filhos, o que torna a solidão um problema, ou uma oportunidade de negócio para os "cat cafés" Divulgação/Nekorobi Mais
Em geral, os "cat cafés" cobram um valor por hora, e os clientes podem brincar com os gatos, usar a infraestrutura do local (em geral, TV, computador, internet, revistas, videogame) e consumir à vontade os produtos de máquinas de bebidas e salgadinhos Divulgação/Nekorobi Mais
No Nekorobi o serviço custa 1.000 ienes (cerca de R$ 21) a primeira hora nos dias de semana, e 1.200 ienes (R$ 25,20) nos fins de semana e feriados Divulgação/Nekorobi Mais
Não há um número exato de quantos "cat cafés" existem no Japão, mas acredita-se que existam pelo menos 39 só em Tóquio Divulgação/Nekorobi Mais
O café Neko Jalala tenta atrair clientes em meio às lojas hi-tech do distrito de Akihabara Divulgação/Neko Jalala Mais
Para atrair clientes, o café anuncia: "Para escapar do estresse da vida urbana, os clientes do 'cat café' Neko Jalala em Tóquio podem relaxar em sofás macios enquanto tomam um chá e alisam o pelo de um dos oito gatos da equipe do café" Divulgação/Neko Jalala Mais
No Japão, é cada vez mais difícil ter seu próprio bichinho de estimação, devido ao alto custo de vida, às longas jornadas de trabalho e aos apartamentos minúsculos, onde muitas vezes é proíbido manter animais Divulgação/Neko Jalala Mais
A população japonesa tem índices crescentes de pessoas solteiras e sem filhos, o que torna a solidão um problema, ou uma oportunidade de negócio para os "cat cafés" Divulgação/Neko Jalala Mais
Em geral, os "cat cafés" cobram um valor por hora, e os clientes podem brincar com os gatos, usar a infraestrutura do local (em geral, TV, computador, internet, revistas, videogame) e consumir à vontade os produtos de máquinas de bebidas e salgadinhos Divulgação/Neko Jalala Mais
Em geral, os "cat cafés" cobram um valor por hora, e os clientes podem brincar com os gatos, usar a infraestrutura do local (em geral, TV, computador, internet, revistas, videogame) e consumir à vontade os produtos de máquinas de bebidas e salgadinhos Divulgação/Neko Jalala Mais
Os clientes não são atraídos aos "cat cafés" por bebidas ou quitutes, mas sim para brincar e fazer carinho nos gatinhos ("neko", em japonês) Divulgação/Neko Jalala Mais
Não há um número exato de quantos "cat cafés" existem no Japão, mas acredita-se que existam pelo menos 39 só em Tóquio Divulgação/Neko Jalala Mais
No Café Asakusa Nekoen, o ingresso custa 800 ienes (R$ 16,8) e dá direito a 1 hora com os gatinhos. Cada meia hora adicional custa mais 200 ienes (R$ 4,20) Divulgação/Asakusa Nekoen Mais

"Cat cafés" no Japão cobram para cliente afagar gatos

Veja mais:

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos