Bolsas

Câmbio

Direto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Brasil precisa de Orçamento menos rígido para ajustar contas, diz Moody's

O Brasil precisa flexibilizar as leis orçamentárias mais rígidas da América Latina para ajustar suas contas públicas, segundo a Moody's. Um relatório da agência de classificação de risco listou o país como o pior da região em termos de flexibilidade de gastos, o que torna mais difícil para as autoridades reduzir o rombo nas contas com simples cortes de custos. (Com Bloomberg) Leia Mais

Bolsa fecha em queda de 0,4%; Petrobras e bancos caem

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (19) em queda de 0,4%, a 76.283,16 pontos. Na véspera, a Bolsa subiu 0,51%. As ações do Banco do Brasil (-0,67%), do Itaú Unibanco (-0,72%), do Bradesco (-0,41%) e da Petrobras (-0,66%) registraram baixa. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar fecha em alta de 0,34%, a R$ 3,176, após duas quedas seguidas

dólar comercial fechou esta quinta-feira (19) em alta de 0,34%, cotado a R$ 3,176 na venda, após duas quedas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,12%. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,18, e Bolsa cai

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía quase 1% nesta quinta-feira (19). Por volta das 15h25, a moeda norte-americana subia 0,37%, a R$ 3,177 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 0,76%, a 76.012,57 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Arrecadação do governo sobe 8,66% e tem melhor setembro em dois anos

A arrecadação do governo federal registrou crescimento real (descontada a inflação) de 8,66% em setembro sobre igual mês de 2016, alcançando R$ 105,595 bilhões, informou a Receita Federal nesta quinta-feira (19). Foi o melhor resultado para setembro desde 2015 e o segundo mensal positivo consecutivo. De janeiro a setembro, a arrecadação subiu 2,44%, já descontada a inflação, a R$ 968,334 bilhões, comparado ao mesmo período do ano anterior. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa cai quase 1%

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía quase 1% nesta quinta-feira (19). Por volta das 15h35, a moeda norte-americana subia 0,26%, a R$ 3,173 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 0,93%, a 75.878,42 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Bolsas da Europa fecham em queda; Itália recua 0,99%

As principais Bolsas da Europa caíram nesta quinta-feira diante do aprofundamento do confronto político entre a Espanha e a Catalunha e com uma série de resultados do terceiro trimestre provocando decepção entre os investidores.

  • Itália: -0,99%
  • Espanha: -0,74%
  • Alemanha: -0,41%
  • França: -0,29%
  • Inglaterra: -0,26%
  • Portugal: -0,02%
(Com Reuters) Leia Mais

Baixa procura por iPhone 8 pressiona ações da Apple

Sinais de baixa demanda pelo iPhone 8 alimentaram mais dúvidas do mercado sobre a estratégia de duplo lançamento da Apple este ano, o que causava uma queda de mais de 2% nas ações da companhia nesta quinta-feira. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa cai mais de 1%

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía mais de 1% nesta quinta-feira (19). Por volta das 14h20, a moeda norte-americana subia 0,33%, a R$ 3,176 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 1,42%, a 75.503,37 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Projeto que autoriza BC a firmar leniência passará por comissões, diz Eunício

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou nesta quinta-feira que o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Deputados que permite ao Banco Central firmar acordos de leniência com instituições financeiras terá tramitação regular no Senado, passando por comissão antes de chegar ao plenário. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa cai mais de 1%

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía mais de 1% nesta quinta-feira (19). Por volta das 13h20, a moeda norte-americana subia 0,26%, a R$ 3,173 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 1,46%, a 75.472,94 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Economia da China mostra força com dados do 3º trimestre

O crescimento econômico da China deve acelerar pela primeira vez em sete anos em 2017 depois de atingir as expectativas no terceiro trimestre, mas os esforços para reduzir os riscos no setor imobiliário e das dívidas começam a pesar em partes da segunda maior economia do mundo. (Com Reuters) Leia Mais

Justiça suspende bloqueio de bens de irmãos Batista e da J&F

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região concedeu nesta quinta-feira (19) uma liminar (decisão provisória) que suspendeu os efeitos de uma decisão anterior que determinava o bloqueio de bens e valores de pessoas físicas e jurídicas ligadas à família Batista, afirmou o advogado do grupo J&F Ticiano Figueiredo. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa cai mais de 1%

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía mais de 1% nesta quinta-feira (19). Por volta das 12h20, a moeda norte-americana subia 0,27%, a R$ 3,174 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 1,21%, a 75.664,24 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Câmara aprova projeto que autoriza BC a firmar leniência com bancos

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de quarta-feira (18) projeto de lei que cria novas normas para processos administrativos abertos pelo Banco Central ou pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), permitindo ao BC firmar acordos de leniência com instituições financeiras. (Com Reuters) Leia Mais

Governo aprova sem restrições venda de ativos de petróleo da Engie

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, a venda da Engie E&P International, que concentra negócios em petróleo da companhia francesa, para um grupo que inclui fundos da Caryle e da CVC Capital Partners, além do CIC, fundo soberano da China. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,18, e Bolsa cai

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía nesta quinta-feira (19). Por volta das 11h15, a moeda norte-americana subia 0,4%, a R$ 3,178 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 0,88%, a 75.918,85 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Petrobras tem decisão favorável em processo de R$ 7,8 bilhões

A Petrobras informou nesta quinta-feira (19) que o Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), uma espécie de tribunal da Receita Federal, proferiu, por unanimidade, decisão favorável à companhia em processo administrativo fiscal no valor de R$ 7,8 bilhões. A disputa envolvia o recolhimento de IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) em projetos de desenvolvimento da produção de campos de petróleo. (Com Reuters e Folha) Leia Mais

Vale tem produção recorde de minério no 3º trimestre

A mineradora brasileira Vale produziu o volume recorde de 95,1 milhões de toneladas de minério de ferro no terceiro trimestre, alta de 3,3% ante o mesmo período do ano passado, com impulso de uma melhor performance operacional no Sistema Norte e do desenvolvimento da mina S11D, no Pará. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em alta, vendido perto de R$ 3,17, e Bolsa cai

O dólar comercial operava em alta e a Bolsa caía nesta quinta-feira (19). Por volta das 10h15, a moeda norte-americana subia 0,29%, a R$ 3,174 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, perdia 0,68%, a 76.069,83 pontos. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Petrobras sobe preço da gasolina em 0,2% nas refinarias; diesel cai 0,8%

A Petrobras anunciou redução de 0,8% no preço do diesel e aumento de 0,2% no preço da gasolina vendida nas refinarias. Os reajustes valem a partir de sexta-feira (20). Desde julho, a gasolina acumula alta de 10,93% e o diesel, valorização de 14,70%. (Com (Com Valor) Leia Mais

Dólar abre o dia operando quase estável, vendido perto de R$ 3,17

O dólar comercial abriu os negócios operando quase estável nesta quinta-feira (19). Por volta das 9h10, a moeda norte-americana tinha baixa de 0,08%, a R$ 3,168 na venda. Na véspera, o dólar caiu 0,12%. A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o parecer pela rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer. No exterior, dados da China dividem atenções com as apreensões em torno da Catalunha. (Com Reuters)

Bolsa da China fecha em queda com desaceleração do crescimento

Os mercados acionários da China caíram nesta quinta-feira (19), após um crescimento econômico ligeiramente mais lento no terceiro trimestre e as vendas fracas de imóveis causarem preocupações de que a economia vai desacelerar mais. No Japão, o índice Nikkei atingiu a máxima de 21 anos, avançando pela 13ª sessão consecutiva. Veja as variações das Bolsas:

  • Japão: +0,4%
  • Taiwan: +0,37%
  • Cingapura: +0,18%
  • Austrália: +0,1%
  • China: -0,35%
  • Coreia do Sul: -0,4%
  • Hong Kong: -1,92% (Com Reuters) 
Leia Mais

UOL Cursos Online

Todos os cursos