PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Carla Araújo

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Programa para caminhoneiros não terá proteção contra alta do diesel

O preço do diesel é uma das principais reivindicações do caminhoneiros - Reinaldo Canato
O preço do diesel é uma das principais reivindicações do caminhoneiros Imagem: Reinaldo Canato
Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

18/05/2021 08h37

O presidente Jair Bolsonaro vai tentar fazer barulho nesta terça-feira (18) com o lançamento do programa batizado de "Gigantes do Asfalto", um pacote de medidas voltadas para atender os caminhoneiros.

Enquanto a CPI da Covid avança e tem nessa semana dois dos depoimentos considerados mais perigosos pelo Palácio do Planalto, Bolsonaro tem usado duas táticas para contrapor o trabalho dos senadores: a primeira é seguir com a sua cortina de fumaça com declarações polêmicas, como chamar os brasileiros que respeitam o isolamento social de "idiotas".

A outra é criar eventos, supostamente uma "agenda positiva", para tentar contrapor as notícias negativas que surgem em massa conforme avançam os depoimentos da CPI da Covid.

Bolsonaro já havia pedido que o governo preparasse um pacote de bondades aos caminhoneiros desde que a categoria ameaçou uma greve no início do ano. A ordem agora foi acelerar o lançamento.

Justamente, por isso, no anúncio de hoje haverá ao menos uma frustração para a classe: a questão da oscilação do preço do diesel não será contemplada.

Da pasta do ministro da Economia, Paulo Guedes, as medidas serão basicamente oferecer crédito para a categoria e um programa de antecipação de recebíveis.

Não há, segundo fontes do governo, pelo menos neste primeiro momento, a ideia de criar um voucher para que os motoristas possam utilizar quando que houver uma oscilação muito elevada do petróleo —o que afeta o preço do diesel.

Também não será apresentada hoje a volta da isenção do Pis/Cofins do preço do diesel, medida que Bolsonaro praticamente forçou Guedes a tirar do papel e que acabou em abril.

Ministro candidato

A escolha do nome "Gigantes do Asfalto", segundo fontes do governo, foi do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, que deve ser a grande estrela do lançamento desta terça-feira.

O ministro, que mantém uma interlocução direta com os caminhoneiros, ganha cada vez mais espaço com o presidente Bolsonaro, que está praticamente está em campanha para tornar o ministro um candidato na eleição de 2022.

O objetivo de Bolsonaro é lançar o atual ministro como candidato ao governo de São Paulo. Apesar disso, pessoas próximas afirmam que o melhor (e com mais chances de êxito) seria que Tarcísio concorresse a uma vaga ao Senado por Goiás.

Uma coisa, segundo auxiliares do presidente, é fato: Tarcísio, antes considerado do quadro técnico da Esplanada, agora "virou político".