Bolsas

Câmbio

Qual é a melhor aposentadoria? Veja vantagens de cada tipo

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

Aposentadoria não é um tema simples. O brasileiro tem quatro tipos de aposentadoria (tempo de contribuição, idade, invalidez e especial) e seis cálculos diferentes no total. Cada uma delas tem vantagens, e algumas têm desvantagens.

Qual é a melhor aposentadoria para você? Só a sua idade e tempo de contribuição pode dizer, além do seu desejo. Alguns preferem se aposentar mais cedo, ganhando menos. Outros podem esperar um pouco mais, para garantir um valor melhor. A decisão cabe a cada um.

Entender as vantagens de cada tipo, porém, pode ajudar a planejar o melhor e se preparar para esse período da vida.

1 - Como escolher fator previdenciário, aposentadoria por idade ou fórmula 85/95?

Depende de cada caso: o sexo, a idade e o tempo de contribuição. É possível se aposentar mais cedo, mas ganhando menos, ou esperar alguns anos para ganhar a aposentadoria integral.

Exemplo: considerando um homem de 55 anos de idade e 35 de contribuição em 2015, com uma aposentadoria integral de R$ 3.000.

Hoje, ele ainda não pode se aposentar nem por idade (ainda não tem 65 anos) nem pela nova fórmula (a soma de sua idade e tempo de contribuição é 90, e precisa de 95).

O único jeito de ele se aposentar em 2015 seria com o fator previdenciário, nesse caso, ele não teria aposentadoria integral e perderia dinheiro. O fator previdenciário dele hoje é de 0,7. Assim, ganharia R$ 2.100 de aposentadoria, 30% a menos do que a integral*.

Para ganhar a integral, ele poderá esperar:

  • 6 anos pelo fator previdenciário. Em 2021, o fator previdenciário dele será de 1,051. Assim receberá R$ 3.153 (pelo fator é possível ganhar acima da aposentadoria integral);
  • 10 anos pela aposentadoria por idade. Se fosse pela aposentadoria por idade, ele receberia R$ 3.000 em 2025, quando tiver 65 anos. No entanto, o que vale sempre é o valor maior. Nesse caso, portanto, valeria o fator previdenciário, já que ele teria direito a R$ 4.137;
  • 3 anos pela nova fórmula. Em 2018, ele poderá se aposentar recebendo R$ 3.000. A soma de sua idade com o tempo de contribuição será 96. Naquele ano, a fórmula que valerá será a 85/95.

Como é possível ver, o jeito mais rápido de ele conseguir a aposentadoria integral é com a nova fórmula.

2 - Qual é a vantagem da regra 85/95?

A principal vantagem da fórmula 85/95 é que o fator previdenciário não é utilizado. Por causa disso, para algumas pessoas, é possível atingir o valor integral da aposentadoria mais cedo do que se fosse pelo fator previdenciário.

3 - Qual é a vantagem do fator previdenciário?

O fator previdenciário é pior para quem se aposenta mais jovem, que vai ganhar uma aposentadoria menor. Porém, para quem é mais velho e contribuiu por muito tempo, o valor pode ser, até mesmo, maior do que o da aposentadoria integral.

4 - Qual é a vantagem da aposentadoria por idade?

A aposentadoria por idade é melhor para quem tem pouco tempo de contribuição com o INSS quando atinge a idade mínima para se aposentar (60 anos para mulher e 65 para homem). Por exemplo, se uma mulher se aposentar aos 60 anos, com 15 de contribuição, e aposentadoria integral no valor de R$ 3.000, a sua aposentadoria será de R$ 2.550 (85% da integral).

Essa mulher não tem o tempo mínimo de contribuição para conseguir a aposentadoria por fator previdenciário, que é de 30 anos para mulheres. Ela também ainda não atingiu 85 pontos, número necessário para conseguir pela nova fórmula, porque a soma de sua idade com tempo de contribuição é igual a 75.

Então, para essa mulher, o único jeito de se aposentar aos 60 anos é pela idade. 

*Esse texto foi modificado.

 

Melhor momento para pedir a aposentadoria varia de caso a caso

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos