ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Empregos e carreiras

Feiras em SP e Rio prometem curso no exterior com desconto por dólar alto

iStock
Imagem: iStock

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/09/2018 04h00

Quer estudar no exterior, mas está preocupado com a cotação do dólar e do euro? Duas feiras de intercâmbio, EduExpo e EduCanadá, prometem opções com desconto para diferentes países e cursos. Pode ser Canadá, Inglaterra, África do Sul e Nova Zelândia, entre outros. Há cursos como MBA, graduação e idiomas. Um curso de inglês no Canadá sai por R$ 5.200 por exemplo (sem as passagens aéreas).

As duas feiras serão realizadas simultaneamente neste sábado e domingo (22 e 23) em São Paulo e na próxima quarta-feira (26) no Rio (veja detalhes de locais e horários no fim deste texto).

Leia também:

“[O valor] é sem dúvida uma das grandes preocupações atualmente, mas é possível fazer curso de inglês, a língua mais procurada, por um preço mais acessível do que se pensa”, afirmou Daniela Ronchetti, diretora das feiras.

É preciso colocar tudo na ponta do lápis. "São vários destinos com diferentes preços, e nem sempre é como se imagina: você pode achar um curso mais barato em Londres do que em San Diego (EUA)", disse Daniela. “Mas Londres opera em libra, que é mais caro do que dólar. Então é preciso ponderar."

Preços não incluem passagens aéreas

Os pacotes geralmente são vendidos com o curso de interesse, acomodação e algumas refeições. O viajante paga as passagens à parte, além do dinheiro necessário para se manter no local.

“É preciso colocar tudo no papel. Quanto vou gastar com curso e acomodação? Em qualquer lugar do mundo, cidades menores são mais baratas do que cidades maiores. Quando se pensa na passagem, a época de ir e a antecedência de compra fazem toda a diferença”, afirmou a diretora.

Daniela disse que o destino mais procurado nos últimos quatro anos tem sido o Canadá, onde se encontram opções mais acessíveis fora de Toronto e Vancouver. Nelas, só o curso de inglês de um mês sai por R$ 5.200.

No entanto, atualmente, Nova Zelândia e África do Sul têm se mostrado opções interessantes por causa do câmbio e por não exigirem visto para o estudante.

Negociar preços direto com as escolas

É possível negociar todos estes pacotes nas feiras, realizadas simultaneamente no próximo final de semana em São Paulo e na próxima quarta-feira (26) no Rio de Janeiro.

De acordo com os realizadores, a feira oferece descontos. Um curso de inglês de quatro semanas no Canadá, por exemplo, custa R$ 8.800 o pacote (curso, moradia, comida e eventuais taxas da agência, exceto a passagem). Na feira, é possível conseguir por pouco mais de R$ 7.000, desconto de 20%.

Aos que preferem a Europa, há opções para Dublin, na Irlanda, com 17 semanas de estudo e trabalho e oito de férias, por R$ 13 mil, com 11% de desconto.

As feiras têm os representantes internacionais das escolas, o que torna mais fácil negociar preço. “Não é algo fechado. Você explica quando quer viajar e pode pedir, por exemplo, isenção da taxa de matrícula”, disse Daniela.

Ao todo, são cem expositores que envolvem algumas das principais instituições de ensino do mundo, agências de intercâmbio e instituições governamentais. A entrada é gratuita.

Informações:

Feiras de Intercâmbio Eduexpo e EduCanadá

São Paulo
Data: Sábado (22) e domingo (23), das 14h às 19h
Local: Centro de Convenções Frei Caneca - Rua Frei Caneca, 569 - 5º andar – Consolação

Rio de Janeiro
Data: Quarta-feira (26), das 16h às 21h
Local: Hotel Hilton Copacabana – Av. Atlântica, 1.020

Saiba como se preparar para um intercâmbio

TV Jornal

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Empregos e carreiras