PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Empregos e carreiras

Busque seu nome no Google: dicas para redes não atrapalharem busca por vaga

Do Na Prática*

05/07/2021 04h00

Hoje as redes sociais não servem só como passatempo ou fonte de informações. Elas têm um papel real na busca por emprego e na contratação, além de permitirem um networking mais ativo. Não só ajudam a divulgar vagas, como também facilitam o contato entre candidatos e recrutadores.

Mesmo quando o processo não é realizado por meio de nenhuma rede social, há chances de o recrutador vasculhar o que está disponível sobre um possível contratado na internet. Segundo uma pesquisa do Careerbuilder, de 2017, cerca de 70% dos empregadores checa as redes sociais dos candidatos. O estudo realizado pelo site de empregos ainda listou o que eles procuram com essa investigação:

  • Informações que sustentem as qualificações para o trabalho;
  • Se o candidato tem uma presença online profissional;
  • O que os outros estão publicando sobre o candidato;
  • Qualquer motivo para não contratar.

Para que esse processo não atrapalhe a procura por emprego, veja sete etapas para limpar suas redes sociais. Assim, elas ficam preparadas para qualquer investigação a fundo de um recrutador.

1. Cheque suas redes sociais no modo "público"

Saia das contas de todas as redes sociais e procure visualizar como é o seu perfil para o público. Muitas vezes, as configurações de privacidade não protegem tão bem. Delete o que você não quer que todos vejam, com o objetivo de ficar satisfeito com sua imagem transmitidas nessas redes.

2. Procure seu nome no Google

As buscas no Google vão tão longe que os recrutadores podem achar perfis que você nem sabia que ainda tinha. Certifique-se de checar todas as páginas que aparecerem.

3. Torne suas páginas privadas

Pode ser uma boa ideia restringir as preferências de privacidade nas redes sociais em que sua presença é mais "controversa". Sua missão é deixar a sua imagem o mais profissional possível.

4. Na dúvida, delete

Dependendo da rede social, não é possível deixá-la completamente privada. Então considere apagar fotografias provocativas, declarações controversas e quaisquer postagens que se referem negativamente a colegas ou empregadores anteriores.

5. Denuncie o conteúdo quando necessário

Se outra pessoa postou algo vergonhoso sobre você, peça educadamente que remova o conteúdo. Se, por qualquer motivo, isso não funcionar, denuncie o material para os administradores da rede social. A maior parte delas já possibilita esse contato; muitas até têm botões próprios para isso.

6. Coloque fotos recentes (e apropriadas)

E capriche na qualidade. Imagens adequadas, em contexto profissional, ou neutras, ajudam a causar uma boa primeira impressão para o empregador que vasculha suas redes.

7. Compartilhe assuntos relevantes

Procure compartilhar conteúdo significativo sobre sua área profissional. Também siga empresas e figuras do setor. Isso não só ajuda a se manter informado como mostra seu interesse pela área.

*O texto "7 passos para tornar suas redes sociais mais contratáveis" foi originalmente publicado no portal Na Prática, da Fundação Estudar.

PUBLICIDADE

Empregos e carreiras