PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Empregos e carreiras

Itália oferece bolsas de estudo integrais com auxílio mensal de R$ 4.600

Do Estudar Fora*

22/05/2022 04h00

O governo da Itália está oferecendo bolsas de estudo para alunos estrangeiros que não residem no país. Os subsídios são para quem deseja fazer um programa de mestrado, PhD ou pesquisa acadêmica, um curso superior em artes, música e dança ou aprender o idioma e cultura italiana.

As oportunidades são para estudar em uma das instituições públicas de ensino superior da Itália. As bolsas duram de 3 a 9 meses com possibilidade de prorrogação, dependendo do programa escolhido, incluem seguro saúde e um subsídio mensal de 900 euros (cerca de R$ 4.600). Os bolsistas podem obter isenção de 100% das taxas e mensalidades das universidades, com exceção dos cursos de língua e cultura italiana, que recebem bolsas parciais.

Interessados devem se inscrever até 9 de junho.

Critérios de seleção

Estudantes de pós-graduação devem comprovar a formação acadêmica. Podem se candidatar para os programas de mestrado e cursos superior em artes, música e dança, estudantes de até 28 anos. Para o PhD, a idade máxima é de 30 anos, quanto para pesquisa é de 40 anos.

Para se inscrever nos cursos de idioma e cultura italiana, é necessário apresentar comprovante de proficiência nível A2. Nos programas oferecidos em italiano, é necessário apresentar certificado de proficiência em nível B2. A proficiência em italiano não é exigida para os programas de pós e pesquisa oferecidos em inglês. Nesses casos, é necessário comprovar nível B2 de fluência em língua inglesa.

Como funciona cada uma das bolsas

Programas de mestrado: duração de 6 a 9 meses. Os candidatos podem se candidatar para um programa de mestrado integral ou para o segundo ano do programa. Para acessar os critérios específicos de cada programa, acesse o link (disponível aqui).

Cursos superiores em Artes, Música e Dança (AFAM): duração de 6 a 9 meses. Os processos de admissão para os cursos podem variar de acordo com o instituto que o estudante deseja ingressar. Para acessar os critérios específicos de cada programa, acesse o link (disponível aqui).

PhD: duração de 6 a 9 meses. Para se inscrever, é necessário comprovar ter qualificações necessárias para o programa escolhido e obter uma carta de admissão da universidade escolhida.

Pesquisa: duração de 6 a 9 meses. As bolsas são para projetos de pesquisa realizados em instituições de pesquisa italianas (Conselho Italiano de Pesquisa - CNR, Instituto Nacional de Saúde Italiano - ISS, Instituto Nacional Italiano de Física Nuclear - INFN, Instituto Nacional Italiano de Astrofísica - INAF, The Instituto Italiano de Proteção e Pesquisa Ambiental - ISPRA, e outros), universidades, museus e arquivos públicos ou reconhecidos. Para se inscrever é necessário submeter um projeto de pesquisa com o nome e contatos do orientador, e uma carta de admissão da universidade/instituto desejado.

Cursos de língua e cultura italiana: duração de 3 meses. As bolsas são exclusivas para programas de universidades ou institutos culturais públicos italianos. Para se candidatar é necessário comprovar proficiência em italiano nível A2.
Mais informações sobre o programa de bolsas de estudo do Governo Italiano no link (disponível aqui).

*O texto "Bolsas integrais na Italia com auxílio mensal de R$ 4.600 para graduação, pós e cursos de idioma" foi originalmente publicado no portal Estudar Fora, da Fundação Estudar.

Empregos e carreiras