Bolsas

Câmbio

Brastemp e Consul, Doril e Melhoral: marcas que parecem rivais, mas não são

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

  • Thinkstock

Há marcas como Brastemp e Consul, Doril e Melhoral, Omo e Brillhante que parecem concorrentes quando estão nas prateleiras. O que o consumidor pode não saber é que, na verdade, elas fazem parte da mesma empresa.

Segundo o consultor do Sebrae-SP Rodrigo Palermo de Carvalho, há diversas razões para a empresa manter marcas parecidas em seu portfólio. Uma delas é a ampliação da linha de produtos ou de público. "É uma possibilidade de aumentar o número de clientes. Há um público que compra aquele produto e há outro que não tem poder aquisitivo para isso. Então, eles aproveitam e criam uma linha intermediária para tentar abranger esses clientes."

Há, ainda, empresas que querem evitar a concorrência. "Uma marca comprou outra parecida e, estrategicamente, resolveu manter as duas, por exemplo. Se detém a maior parte do mercado, a empresa evita que o concorrente entre no espaço que teria deixado se tivesse encerrado uma das marcas."

Outras companhias querem crescer e compram produtos que são sucesso em determinadas regiões do país para complementar as marcas que já possuem, afirma o especialista.

Também há quem prefira ter outras marcas como opção para eventuais crises. "Se você tem várias marcas e acontece um problema com uma delas, as outras estão blindadas."

Parecem iguais, mas para as empresas não são

O especialista afirma que mesmo os produtos pareçam iguais aos olhos do comprador, eles são distintos para as empresas. "Sempre há uma diferença para a indústria. O consumidor pode não perceber, mas cada marca tem o seu direcionamento e o público que quer atingir. São marcas com histórico, força de mercado e posicionamento diferentes, mas que estão concorrendo cada um do seu jeito."

Palermo afirma ainda que as empresas não escondem que possuem marcas parecidas. "Cada uma tem estratégia própria. Mas não existe interesse em esconder que elas pertencem ao mesmo grupo."

Confira as marcas que parecem concorrentes

Getty Images
Getty Images

Brastemp e Consul

As duas marcas vendem eletrodomésticos, como fogões, lavadoras e geladeiras. Apesar de parecerem concorrentes nas lojas, elas pertencem à mesma companhia: a Whirlpool. A empresa não comentou a concorrência.
Reprodução/HealthLiving.today
Reprodução/HealthLiving.today

Doril, Melhoral e Lisador

Os três remédios pertencem à Hypermarcas. A empresa afirma que eles não são concorrentes por terem composição e perfis de paciente diferentes.
Getty Images
Getty Images

Omo, Brilhante e Surf

Essas marcas de sabão em pó podem até parecer rivais nos supermercados, mas as três pertencem à Unilever. A empresa não comentou a concorrência.
Getty Images
Getty Images

Adocyl, Zero-Cal e Finn

As marcas de adoçantes fazem parte da Hypermarcas. A empresa diz que não as considera concorrentes, pois atuam em perfis de consumidores diferentes. "Em adoçantes, além da diversidade de substâncias, as três marcas atuam em nichos distintos."
Getty Images
Getty Images

Casas Bahia e Ponto Frio

As empresas, que vendem eletrodomésticos, eletroeletrônicos e utilidades domésticas, pertencem à Via Varejo. A empresa não comentou a concorrência.
Getty Images
Getty Images

Citroën e Peugeot

As duas fazem parte do Grupo PSA. Segundo Pablo Averame, vice-presidente da América Latina de Marketing Produto, Mobilidade e Serviços Conectados do Grupo PSA, as marcas não são concorrentes, mas complementares. "Elas têm características diferentes", disse.
Reprodução/dailymail
Reprodução/dailymail

Colgate e Sorriso

Apesar de disputarem espaço nas prateleiras de supermercados e farmácias, as duas marcas de pasta de dente fazem parte da empresa Colgate-Palmolive. A companhia não comentou a concorrência.
Getty Images
Getty Images

Pedigree e Royal Canin

As marcas fazem parte da Mars. Segundo John Van Wyk, presidente da Mars para a marca Royal Canin, a empresa não as vê como concorrentes. Para ele, investir em um portfólio variado atende animais de estimação de forma mais ampla. Ele afirma também que as estratégias de negócio são diferentes.
Getty Images
Getty Images

Comfort e Fofo

As duas marcas de amaciante, que também podem ser vistas lado a lado nos supermercado, pertencem à Unilever. A empresa não comentou a concorrência.
Stockphoto
Stockphoto

Jontex e Olla

As marcas Jontex e Olla fazem parte da RB (Reckitt Benckiser). A empresa não as considera concorrentes diretas. Para a RB, as duas marcas têm estratégias de público, comunicação, ações nos pontos de venda e publicidade distintas.
Getty Images
Getty Images

O Boticário, Quem disse, Berenice? e The Beauty Box

As marcas são conhecidas por vender produtos de beleza e cosméticos. Todas fazem parte do Grupo Boticário. A empresa não comentou a concorrência.
Getty Images
Getty Images

Perdigão e Sadia

As marcas pertencem à BRF. Segundo a empresa, elas são complementares e não concorrentes. A BRF afirma também que elas possuem posicionamentos diferentes.
Reprodução/theepochtimes
Reprodução/theepochtimes

Seda e Tresemmé

As duas marcas de xampu fazem parte da Unilever. A empresa não comentou a concorrência.
Getty Images
Getty Images

Pom Pom e Cremer Disney

As marcas de fraldas pertencem à Ontex. Segundo a empresa, a Pom Pom têm produtos destinados aos consumidores A e B. A distribuição é nacional, com foco na região sudeste. A Cremer Disney é destinada aos consumidores das classes B e C, focada nas regiões nordeste e sul.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos