IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Em quanto tempo você dobra R$ 5.000 na poupança, no Tesouro e em ações?

Quanto tempo leva para transformar R$ 5.000 em R$ 10 mil? - svetikd/iStock
Quanto tempo leva para transformar R$ 5.000 em R$ 10 mil? Imagem: svetikd/iStock

Fernando Barbosa

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/03/2023 11h00

Quer receber matérias como essa toda semana no seu e-mail? Assine a newsletter UOL Investimentos. Assinante UOL ainda tem direito a receber outros seis boletins exclusivos.

Dobrar o patrimônio pode levar de 12 a 30 anos, dependendo do investimento que você escolher. O UOL pediu simulações a especialistas para entender como o investidor pode dobrar um investimento de R$ 5.000 na poupança, bolsa de valores e Tesouro Direto. As simulações são de Sidney Lima, analista da casa de análises Top Gain. Veja os diferentes cenários a seguir.

Todos esses investimentos são impulsionados pelos juros compostos. Os ganhos mensais se somam ao patrimônio e rendem cada vez mais.

Foi considerada uma inflação média de 6% ao ano. Todas as simulações consideram o rendimento real, ou seja, acima da inflação. Assim, no futuro, o dinheiro acumulado não seria R$ 10 mil, mas sim um valor com o mesmo poder de compra que R$ 10 mil hoje.

Poupança

A poupança ainda é a principal aplicação usada pelos brasileiros. Quando a Selic está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% mais a taxa referencial.

É muito importante pensar sempre no retorno real da aplicação, descontando a inflação do período.

Sem considerar a inflação do período, o investidor demoraria oito anos e 11 meses para dobrar os R$ 5.000 aplicados inicialmente. Mas esse dinheiro não iria comprar o que R$ 10 mil compram hoje, por causa da inflação.

Considerando a inflação, o tempo para conseguir dobrar R$ 5.000 aumenta bastante. O retorno real é de apenas 0,15% ao mês.

Seriam necessários 38 anos e sete meses, chegando lá apenas em setembro de 2061.

O analista da Top Gain ressalta que há no horizonte uma queda da taxa de juros nos próximos anos, o que deve afetar negativamente o rendimento da poupança.

Tesouro Direto

No caso do Tesouro Direto, o analista levou em conta o Tesouro IPCA+. Esse título público federal oferece um ganho prefixado mais o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), indicador do IBGE que mede a inflação oficial no país.

O título paga cerca de 6% além da inflação. Ou seja, o ganho real é de 6% ao ano.

O investidor precisaria de 12 anos para conseguir dobrar o seu aporte inicial.

Ações

Lima ressalta que as ações são mais imprevisíveis, uma vez que elas fazem parte da renda variável. Nesse cenário hipotético, foram considerados os mesmos 6% de inflação e retorno de 10% ao ano (sendo o ganho real de 4% ao ano ou 0,33% ao mês).

O investidor teria que manter a aplicação por 25 anos. Mas há ações mais arriscadas e com retornos maiores. A Bolsa é conhecida por ser um segmento do mercado de capitais em que os investidores podem obter ganhos maiores, considerando o risco proporcionalmente mais elevado.

Considerando um retorno de 20% ao ano, com ganho real de 14% ao ano ou de 1,17% ao mês, seria preciso um período bem menor para dobrar um investimento de R$ 5.000. O investidor deveria manter os recursos por sete anos e dois meses.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.