Bolsas

Câmbio

Fundo private equity negocia parques eólicos da Queiroz Galvão

Vanessa Dezem e Cristiane Lucchesi

(Bloomberg) -- A empresa americana de private equity First Reserve negocia a aquisição de parques eólicos da brasileira Queiroz Galvão Energia, segundo pessoas com conhecimento da situação.

A First Reserve apresentou uma oferta e o negócio provavelmente será concluído em breve, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque não estão autorizadas a falar publicamente. A Queiroz Galvão Energia possui seis complexos eólicos no Nordeste do Brasil com capacidade total de 759 megawatts já em operação ou em construção, segundo seu website. Representantes da First Reserve não deram resposta aos pedidos de comentário. A Queiroz Galvao não quis comentar o assunto.

O conglomerado brasileiro Queiroz Galvão tenta vender ativos de energia pelo menos desde 2015, quando foi deflagrada a Operação Lava Jato. O ex-presidente da unidade de construção da Queiroz Galvão, Ildefonso Colares Filho, foi preso pela primeira vez em 2014, sob acusações de lavagem de dinheiro, entre outras.

O Banco Santander Brasil está assessorando a Queiroz Galvão no acordo, segundo uma das pessoas. A First Reserve possui dois fundos de infraestrutura de energia que administram US$ 3,7 bilhões em capital. Em fevereiro, a empresa de private equity fechou acordo para vender os fundos à BlackRock, a maior gestora de ativos do mundo. A transação deverá ser fechada até o fim de junho. O Santander não respondeu a um e-mail com um pedido de comentário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos