IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

BMW e Jaguar Land Rover unem tecnologia para carros elétricos

Oliver Sachgau

05/06/2019 12h27

(Bloomberg) -- BMW e Jaguar Land Rover vão trabalhar em colaboração para a próxima geração de carros elétricos, seguindo movimentos semelhantes de outras montadoras que se uniram para compartilhar o fardo de desenvolver a nova tecnologia cara.

A Jaguar Land Rover, de propriedade da indiana Tata Motors, vai cooperar com a quinta geração de tecnologia de acionamento elétrico da BMW, informaram as companhias em comunicado divulgado na quarta-feira. Constitui a espinha dorsal de um conjunto ofensivo de modelo elétrico da BMW para começar no próximo ano com a introdução de um veículo utilitário esportivo elétrico X3.

O movimento vem depois da proposta da Fiat Chrysler na semana passada de fusão com a Renault, criando a terceira maior montadora do mundo. O acordo traria a montadora ítalo-americana para uma aliança global que inclui a Nissan e a Mitsubishi Motors.

A maior montadora do mundo, a Volkswagen, e a rival americana Ford, estão cooperando na construção de vans, um projeto que poderia se estender a carros autônomos ou compartilhamento de plataformas de produção.

A necessidade de gastos recordes com a tecnologia coincide com um período de baixo lucro e vendas estagnadas. A BMW está atualmente trabalhando com um plano para economia de US$ 14 bilhões, enquanto a Jaguar está passando por um programa de economia de 2,5 bilhões de libras e corte de 4.500 empregos.

As montadoras formarão uma equipe conjunta de especialistas em Munique que desenvolverão unidades de energia juntas.

A BMW entrou no mercado de carros elétricos com o hatchback i3, que começou a produção em 2013, embora as vendas não tenham decolado. A Jaguar iniciou as entregas do elétrico I-Pace no ano passado, da safra de veículos utilitários esportivos premium que estão sendo lançados por montadoras tradicionais para enfrentar a Tesla.

Economia