PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Grupo traça plano de US$ 18 bilhões para vacina contra Covid

James Paton

26/06/2020 16h05

(Bloomberg) -- Grupos que estão na linha de frente dos esforços para desenvolver vacinas contra o Covid-19 esboçaram um plano de US$ 18 bilhões para lançar as doses e encerrar a pior fase da pandemia até o final do próximo ano.

O objetivo é garantir 2 bilhões de doses até 2021 para tentar deter o contágio da doença que atingiu cerca de 10 milhões de pessoas em questão de meses e criou turbulência econômica em todo o mundo. A Organização Mundial de Saúde, Gavi, a Aliança global para vacinas e imunizações, e a Coalizão para inovações em preparação para epidemias estão coordenando a iniciativa para disponibilizar as doses, que ainda devem mostrar que podem ser testadas em humanos. Uma ampla campanha para combater o Covid, incluindo vacinas, medicamentos e testes, precisará de US$ 28 bilhões em financiamento.

Com a maior parte do mundo ainda suscetível à infecção, "esse vírus pode continuar indefinidamente", disse o cientista-chefe da OMS Soumya Swaminathan. "A melhor aposta que realmente temos para acabar com a fase aguda dessa pandemia é ter uma vacina o mais rápido possível."

Os desafios e as apostas são imensos. Se os pesquisadores atingirem seus objetivos e administrarem vacinas com sucesso nos próximos meses, é provável que os suprimentos sejam limitados, dificultando a imunização das populações globais e a propagação do vírus. Grupos de saúde também alertaram sobre o risco de alguns países usarem sua riqueza para garantir primeiro os suprimentos.

Restrição de fornecimento

"Não há cenário em que tenhamos doses suficientes de uma vacina bem-sucedida para imunizar o mundo nos primeiros 18 meses", disse Seth Berkley, CEO da Gavi. "Sempre estaremos em um ambiente com restrições de fornecimento".

O objetivo será disponibilizar essas doses o mais sabiamente possível, disse ele. Os grupos planejam priorizar inicialmente os profissionais de saúde, pessoas com mais de 65 anos e pessoas com condições médicas.

A urgência está aumentando do ponto de vista financeiro e de saúde, destacado por uma recente onda de casos nos EUA. Uma vacina em funcionamento evitará a perda estimada em US$ 375 bilhões para a economia global a cada mês, disseram eles.

Recursos são necessários para pesquisa, desenvolvimento, fabricação e entrega, juntamente com os compromissos dos países mais ricos em adquirir cerca de 950 milhões de doses. A iniciativa, conhecida como Covax, visa dar aos governos a oportunidade de se protegerem do risco de apoiar candidatos sem sucesso e dar a outros países com finanças limitadas acesso a doses que, de outra forma, não teriam.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia