PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Opep reduz previsão para oferta de petróleo no Brasil a 3,85 mi de bpd em 2021

André Marinho

São Paulo

11/02/2021 12h00

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) cortou as projeções para aumento da produção da commodity energética no Brasil em 2020 e em 2021, informa relatório mensal divulgado nesta quinta-feira.

Segundo o documento, a entidade, com sede em Viena, prevê que houve aumento anual de 120 mil barris por dia (bpd) na oferta do País no ano passado, a uma média de 3,68 milhões de bpd. Antes, a estimativa era de 3,69 milhões de bpd.

Para este ano, o cartel alterou a previsão de 3,86 milhões de bpd a 3,85 milhões de bpd.

A Opep informa ainda que, em dezembro, a produção de petróleo bruto na maior economia da América Latina caiu 40 mil bpd, a 2,72 milhões de bpd.

O resultado é atribuído a paralisações já planejadas nos campos de Tupi e Búzios, na costa do Rio de Janeiro.

De acordo com o grupo, a oferta brasileira atingiu pico de 3,09 milhões de bpd em agosto de 2020, mas começou a recuar nos meses subsequentes. "Isso não foi apenas devido à manutenção, mas também devido às medidas de segurança relacionadas à covid-19, levando à postergação das obras programadas do quarto trimestre de 2020 para o início de 2021, segundo a Petrobras", ressalta.