ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Mídia e Marketing

Itaú lança novos livros infantis e pretende distribuir 1,8 milhão de kits

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/10/2018 19h31Atualizada em 10/10/2018 16h40

O Itaú Unibanco apresenta a oitava edição do seu programa "Leia para uma criança", projeto que busca incentivar a leitura. A empresa diz que pretende distribuir 1,8 milhão de kits com dois livros cada, além de 2.000 exemplares em braile e letra expandida e outros 2.000 acessíveis para leitores com outras deficiências.

Nesta fase, o projeto conta com edições exclusivas de "Pedro Vira Porco-Espinho", de Janaína Tokitaka, e "Quero Colo!", de Stela Barbieri e Fernando Vilela. Mesmo quem não é cliente do banco pode pedir seu kit no site da instituição.

Leia também:

Segundo o banco, desde que começou a distribuição dos livros, em 2010, já foram entregues mais de 51 milhões de livros impressos, e 3 milhões de exemplares foram enviados para escolas e bibliotecas públicas.

"Ouvir histórias estimula a imaginação e a criatividade, e aumenta a habilidade de se comunicar. O programa 'Leia para uma criança' incentiva a leitura do adulto para a criança como forma de fortalecer esse hábito na família, ampliando o vínculo e a participação ativa na educação das novas gerações", declarou Angela Dannemann, superintendente do Itaú Social.

Comercial em horário nobre

O comercial de divulgação do projeto estreia nesta terça-feira (9) no intervalo do "Jornal Nacional", da TV Globo. O filme foi criado pela agência DPZ&T e produzido pela Saigon. Tem uma versão exclusiva da música "DreamOn", da banda Aerosmith, como trilha e mostra a trajetória de uma criança que se encanta pela história de um livro que tem um robô como personagem principal.

Para criar o conceito da campanha deste ano, a agência diz que se inspirou no filme de 2017, "Astronauta", premiado em eventos como "Profissionais do Ano", da rede Globo, "Wave Festival in Rio" e no "Anuário do Clube de Criação".

A campanha do ano passado fez tanto sucesso que ganhou uma história em formato de livro virtual, escrito pela cantoraTulipa Ruiz, com o título "Uma Menina nas Estrelas".

"Este ano retratamos uma menina que foi empoderada a partir da leitura, rompendo barreiras e obstáculos para conquistar seu sonho de trabalhar em um universo de tecnologia e ciências", disse Eduardo Tracanella, diretor de Marketing Institucional do Itaú Unibanco.

Inspiração em Malala

A escolha da trilha sonora tem um significado especial. Steven Tyler, vocalista da banda Aerosmith, cantou a mesma música quando a paquistanesa Malala Yousafzai recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 2014. Malala esteve no Brasil em julho deste ano, a convite do banco, para contar sua história e falar sobre educação.

Sara Bondi
Malala Yousafzai levou um tiro de extremistas por fazer campanha para meninas terem direito de ir à escola Imagem: Sara Bondi

A jovem ficou conhecida em 2009, quando o Exército taliban instaurou uma política que proibia meninas paquistanesas de frequentar escolas. Na época, com 12 anos, ela começou a escrever um blog em defesa dos direitos das mulheres à educação, com o pseudônimo de Gul Makai, nome de uma heroína do folclore local.

Em 2012, entretanto, foi vítima de um atentado e deixou seu país natal. Desde então, Malala se dedica à promoção da educação no mundo.

Também neste mês, o Itaú lança "A Biblioteca de Malala" em suas redes sociais, uma entrevista especial feita com a ativista, na qual ela fala sobre a importância dos livros em sua vida.

"Uma inspiração direta para a campanha de 2018 foi a história da Malala. De certa forma, ela está em nosso filme representada na história da nossa protagonista", afirmou Rafael Urenha, diretor de Criação da agência DPZ&T.

Que Geração Z é essa?

UOL Entretenimento

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Mídia e Marketing