IPCA
0.13 Mai.2019
Topo

Mídia e Marketing


Campanha da Avon une passado e visão de jovens negros sobre o futuro

Divulgação
Avon lança manifesto afrofuturismo Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2018-11-19T18:20:13

19/11/2018 18h20

Para marcar o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, a Avon lançou um manifesto sobre o "afrofuturismo", definido como um movimento social, cultural e político que aborda a ancestralidade africana e atua na sua adaptação ao período moderno. A iniciativa diz que é importante mostrar a visão de jovens negros sobre aquilo que desejam para suas próximas gerações, mas sempre ressaltando o passado.

“O objetivo da Avon é trazer a questão da celebração da população negra e da importância da representatividade dessas pessoas na sociedade. Mais do que celebrar a história e voltar nosso olhar ao passado, queremos convidar as pessoas a uma reflexão a respeito da inclusão da identidade negra no cotidiano”, declarou Juliana Barros, diretora executiva de Marketing da marca.

Todo o material da ação –que envolve um filme (assista abaixo) e um site– foi criado pelo grupo de agências de publicidade da marca, formado por iCherry, J. Walter Thompson e Mutato.

Assista ao comercial “Um Afrofuturo”, da Avon:

O vídeo tem participação do coletivo Mooc (Movimento Observador Criativo), grupo que integra o núcleo de diretores da Conspiração Filmes. Os personagens do filme usam roupas inspiradas na alfaiataria da África. A música foi criada pelo artista brasileiro JLZ especialmente para a ação. Toda a campanha tem participação de profissionais do projeto 20/20, iniciativa da agência J. Walter Thompson criado para estimular a contratação de pessoas negras.

A marca também lançou uma versão com narração em iorubá, uma das muitas línguas africanas, falada por cerca de 30 milhões de pessoas.

Assista ao comercial “Um Afrofuturo em Iorubá”:

Mais Mídia e Marketing