PUBLICIDADE
IPCA
0,26 Jun.2020
Topo

Pesquisa aponta que 40% dos bares e restaurantes em São Paulo podem quebrar

Do UOL, em São Paulo

24/04/2020 10h44

Resumo da notícia

  • Associação de bares e restaurantes em São Paulo mostra em pesquisa que 40% do setor pode fechar as portas
  • Apesar do pessimismo, 61% do setor apoiam o isolamento social
  • Maioria critica medidas do governo porque recursos não estão chegando a quem precisa

Pesquisa da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) mostra que 40% dos bares e restaurantes da cidade de São Paulo poderão quebrar se não forem anunciadas pelo governo mais medidas para ajudar o setor a atravessar a crise do coronavírus.

A pesquisa apontou que há uma minoria de otimistas, para os quais entre 10% a 20% encerrarão atividades. Participaram da pesquisa 125 empresários, que têm no mínimo três estabelecimentos, totalizando uma média de 375 casas na cidade de São Paulo e região ouvidas.

Sobre a retomada das atividades, a maior preocupação do setor é com o comportamento dos consumidores. Os empresários temem que as pessoas deverão estar com medo, sem dinheiro e serão insuficientes, disse o presidente da Abrasel-SP, Percival Maricato.

"Haverá recessão, e a sugestão é redefinir estratégias e operação, com corte de custos, enfrentar endividamento, priorizar limpeza, cardápios enxutos, promoções, e oferecer ambientes higienizados, ventilados e espaço entre as mesas", afirmou Maricato.

Sobre isolamento social, 61% defendem a medida e defendem a volta da atividade econômica de forma gradual e segura.

Sobre o auxílio do governo federal, para 59% as medidas são insuficientes, enquanto para 35% as ações são suficientes, mas com ressalvas, devido ao atraso e à necessidade de mais facilidades para liberação de crédito. Os demais não souberam responder.

Economia