PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Mídia e Marketing

Marcas iniciam ações no Clubhouse; confira os primeiros aprendizados

Reprodução
Imagem: Reprodução

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/02/2021 04h01

O Clubhouse, nova rede social de conversas por voz, é o assunto do momento. Criado há menos de um ano, o aplicativo já tem 6 milhões de usuários e foi avaliado em US$ 1 bilhão. A plataforma, mesmo restrita entre os usuários de iPhone, tem sido palco de iniciativas de alguns anunciantes - enquanto outros esperam os próximos passos da rede.

Na semana passada, logo após o primeiro grande buzz sobre o aplicativo, algumas marcas já se aventuraram na plataforma. Audi e Nescau foram as primeiras.

A reportagem de UOL Mídia e Marketing conversou com os executivos das empresas para colher as primeiras impressões sobre as experiências. Confira:

Audi discutiu 'A Era dos Carros Elétricos'

A Audi foi a primeira montadora a promover uma sala de debates. Segundo Cláudio Rawicz, diretor de comunicação e marketing da empresa, a decisão aconteceu pelo fato de a audiência ser extremamente segmentada no aplicativo.

"Ali está o público-alvo de Audi. Neste momento, ele é super nichado e podemos, assim, trazer um tema de discussão segmentado. Também nos ajudou o fato de não precisar de aprovações do escritório central, na Alemanha. Essa autonomia no Brasil nos faz atuar de forma muito rápida e muito assertiva", diz o executivo.

O que faz os ouvintes escolherem as salas, na maioria das vezes, é o tema - segundo Cláudio, escolher o assunto da Audi foi fácil. "Somos líderes em carros elétricos no Brasil. Assim, convidamos diversas personalidades do meio, jornalistas do setor e apaixonados por carros elétricos para falar sobre o tema. Também não tivemos problema de falar de outras marcas, de forma aberta", declara Rawicz.

Segundo o executivo, mais de 1.000 pessoas passaram pela sala durante os 90 minutos de transmissão. Mas, com esse público, a plataforma não pode se tornar um SAC 4.0?

"É possível ter clientes não satisfeitos, claro. A plataforma não é local com foco comercial. Por ser um 'podcast ao vivo', por que não levantar salas de pós venda para resolvermos problemas? Fica a ideia", afirma o diretor da Audi.

Nescau promove 'Sports Talk'

Na quinta-feira(11), a Nestlé promoveu a 1ª edição do 'Nescau Sports Talks'. O bate papo teve a participação da paratleta Verônica Hipólito e da ginasta Flávia Saraiva, embaixadoras da marca.

A mediação do debate foi de Abner Bezerra, head de marketing de Nescau e bebidas Nestlé. "A ideia foi tirar dúvidas das pessoas e promover o espírito de Nescau, de estar conectado com o consumidor. Teremos outras ações nas próximas semanas, com outros embaixadores da marca", afirma Abner.

Para o executivo, o espaço serve para interagir com as pessoas, abrir diálogo com os consumidores e trazê-los para perto da marca. "É uma mistura de grupos de WhatsApp, podcast e bate papo, onde tudo acontece em tempo real. É um formato novo e vai ser desafiador descobrir as novidades junto com consumidores e convidados", declara o executivo.

Sobre a plataforma oferecer um espaço para críticas ao vivo, Abner não vê problema. "Lidamos com isso o tempo todo, por meio das redes sociais e do telefone. Faz parte ouvir os comentários. Mas acredito que as pessoas entram na sala para aproveitar os temas, as discussões. Pelo que sentimos na primeira edição, elas estão engajadas em participar do debate", diz.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing